Em 28 de setembro completou 28 anos da estréia de uma série que fez o mundo sonhar, que inspirou várias gerações a buscarem novos rumos, a desejarem uma nova civilização, a audaciosamente irem onde nunca pensaram ser possível.

A série televisiva norteamericana de ficção científica criada por Gene Roddenberry como parte da franquia Star Trek, contou com Rick Berman e Michael Piler como produtores executivos em diferentes momentos.

As aventuras são ambientadas no universo do século XXIV, cerca de 1 século após os eventos pioneiros da série original, época de destemidos e honrados desbravadores de diversas raças e planetas, que, sob a inspiração dos terráqueos, se juntaram para formar a Federação dos Planetas Unidos e através desta coalisão unir esforços para melhor treinar, pela Academia da Frota Estelar, e melhor pesquisar o universo.

Publicidade
Publicidade

O episódio piloto, de 2 horas de duração, entitulado "Encounter at Fairpoint", foi seguido por 178 episódios, totalizando 7 temporadas, o episódio final foi ao ar em 23 de maio de 1994.

A estréia teve 27 milhões de espectadores, no correr das 7 temporadas, a série conquistou 18 Emmy Awards (equivalente ao Oscar para a #Televisão), venceu duas das três indicações ao Hugo Award (prêmio anual para os melhores trabalhos de ficção científica), foi a base para quatro dos dez filmes da franquia para o #Cinema.

A série, entre aventuras que conquistou o mundo, procurou sempre  mostrar que a humanidade poderia pensar além de suas percepções, a teorizar possibilidades totalmente novas, que podemos ser capazes de sacrifícios, inclusive da própria vida, para o bem maior. Todas as dificuldades são enfrentadas com ética, honra e senso de equipe, mostrando que a tripulação da Enterprise atua como uma família.

Publicidade

O princípio norteador é sempre o ardente desejo de ir além, resumido no monólogo de introdução:

"Espaço: a fronteira final. Estas são as viagens da nave estelar Enterprise. Prosseguindo em sua missão de explorar novos mundos, procurar novas formas de vida e novas civilizações, indo, audaciosamente, onde ninguém jamais esteve." #Arte