Hoje é dia de rock, bebê! Frases como essa ficaram marcadas para a história do Rock In Rio, maior festival de #Música do Brasil, que acontece até o próximo domingo, dia 27 de setembro. Entre as apresentações, o público presente gosta de manifestar sua opinião, geralmente em gritos em coro. E os artistas brasileiros respondem com afinco.

A bola da vez ficou com Badauí, vocalista do CPM 22, que de pé no Palco Mundo ouviu seus fãs gritarem palavras de ordem contra a presidente da República, Dilma Rouseff. Após gritos de “ei, Dilma. Vai tomar no c*”, o cantor respondeu em alto e bom som ao público: “quem planta merda, colhe bosta”.

Publicidade
Publicidade

Basta saber se a ironia se referia à própria presidente ou ao eleitores de Dilma, que a colocaram no poder e hoje estariam “colhendo” o que plantaram. Na porta do RIR muitas pessoas comentavam as notícias atuais da alta do dólar, que bateu o recorde de R$4 nesta semana.

Questões políticas ainda movimentam outros roqueiros brasileiros

Esta não é a primeira vez que bandas convidadas usam o microfone da Cidade do Rock para protestar contra a situação do governo brasileiro. Em 2011, o vocalista da banda Detonautas também se apresentou no Rock in Rio com seus companheiros. Lá, ele chegou a protagonizar um momento que dividiu opiniões.

Com uma máscara e muita atitude, Tico Santa Cruz fez todo o festival gritar palavras de ordem contra o senador José Sarney. Ele disse para que todos falassem bem alto “Ei Sarney, vai tomar no c*”, da mesma fora que hoje os fãs do CPM fizeram contra Dilma.

Publicidade

Tico já é conhecido no meio por sua forte opinião contra a política brasileira.

Show do CPM 22 relembra sucessos dos anos 2000

Quem viveu a adolescência nos anos 2000, provavelmente pulou muito ao som do CPM 22. O grupo, formado em São Paulo, abriu o seu show no RIR com Regina Let's Go, O mundo Dá Voltas e Tarde de Outubro. Canções como “Um minuto para o fim do mundo” incrementaram  setlist do grupo, que trouxe nostalgia e mostrou que tem gás para se reinventar quantas vezes for necessário. #Entretenimento #Famosos