Sem dúvidas, Yunet foi uma das personagens mais marcantes de 'Os Dez Mandamentos', novela bíblica que é um arrasa quarteirão na emissora de Edir Macedo, a TV Record. Interpretada por Adriana Garambone, a personagem deu adeus à trama adaptada por Vivian de Oliveira na semana passada. Milhões de pessoas pararam na sexta-feira, 09, para ver a segunda parte da sétima praga, que lançou granizo e meteoros sobre o Egito. Boa parte dessas pessoas só esperava por um momento, a morte da pior vilã da história. 

Em entrevista ao portal R7, a profissional da dramaturgia confessa que sentirá muita saudade de sua personagem e que se despedir de Yunet foi um momento inesquecível e muito emocionante.

Publicidade
Publicidade

A atriz que está há onze anos trabalhando na Record e tem mais três anos de contrato pela frente, confessou que foi parabenizada por toda a equipe de 'Os Dez Mandamentos'. Seus colegas de cena também tiraram muitas fotos e a trataram com carinho. Ela revelou que seus sentimentos eram mistos, já que ela também estava muito cansada e gosta de tirar férias.

Para Garambone, o trabalho foi pesado, teve textos difíceis e por conta da crescente de Yunet, Adriana precisou decorar mais textos do que o de costume. Ainda assim, o que sobra para ela é saudades. "Não queria nem tirar as roupas da Yunet do meu corpo. Me apeguei", desabafou a mãe de Nefertari (Camila Rodrigues) no folhetim exibido no horário nobre da TV Record.

Na novela, a personagem de Adriana Garambone acabou matando os bebês de Henutmire, que na primeira fase de 'Os Dez Mandamentos' era interpretada por Mel Lisboa, mas que depois ganhou vida por Vera Zimmerman.

Publicidade

Apesar de muitas maldades,  Yunet foi ganhando fãs. Estava previsto que ela morresse antes de Moisés (Guilherme Winter) deixar pela primeira vez o Egito, mas por conta do sucesso, Vivian de Oliveira decidiu dar um bom tempo a mais para Garambone na novela. 

A atriz disse ainda que uma das coisas mais complicadas de 'Os Dez Mandamentos' foi a continuidade da história. Ela explicou que a sétima praga, por exemplo, já havia sido gravada há meses, mas que depois de gravar a morte de sua personagem continuou a gravar.  #Famosos #Novelas #Rede Record