Rachel Sheherazade é conhecida por fazer comentários ácidos. No entanto, nos últimos tempos, ela foi proibida pelo próprio Silvio Santos a demonstrar o seu pensamento conservador dentro do '#SBT Brasil'. A censura ocorreu depois de inúmeras polêmicas que envolveram as opiniões da comunicadora. Atualmente, no telejornal, Sheherazade apenas lê o teleprompter, dificilmente dando qualquer ar de opinião no jornalismo da emissora. Depois da mudança, o 'SBT Brasil', que era notícia constante, simplesmente deixou de virar objeto de matéria da imprensa. 

Em contrapartida, Silvio Santos liberou que Rachel Sheherazade tenha um programa na 'Rádio Jovem Pan'.

Publicidade
Publicidade

Na emissora de rádio, até agora ela ainda não foi barrada de falar o que pensa. Os comentários contundentes também prosseguem no Twitter e em um blog, no qual a jornalista fala mal do PT e da presidente da república, #Dilma Rousseff

Rachel recorrerá à mais uma mídia para poder opinar sobre o que pensa. No mês que vem, a profissional da mídia lança o seu primeiro livro, 'O Brasil Tem Cura'. Na obra literária lançada pela 'Mundo Cristão', a repórter disserta em 144 páginas sobre os problemas sociais e políticos que passa o Brasil. Além de falar mal das coisas que acontecem, ela sugere como melhorar tudo. Tudo bem ao modo Sheherazade.

O prefácio da obra ficou por conta de Marco Antonio Villa, conhecido historiador que também trabalha como comentarista no 'Jornal da Cultura', exibido pela TV Cultura de São Paulo.

Publicidade

Ele também é um crítico contundente do governo da presidente Dilma Rousseff e também de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. Lula, inclusive, de acordo com informações do portal Terra, estaria processando o contratado da TV Cultura. 

Sheherazade também é colega de Marco Antonio Villa na rádio Jovem Pan. No prefácio, o historiador chama a jornalista do SBT de corajosa e propositiva. Muita gente já está dizendo que a profissional da mídia interpreta os problemas do país apenas como culpa do PT e também por conta de sua fé evangélica. A repórter nega e diz ter uma visão abrangente do tema.  #Famosos