Christiane Pelajo deixou a bancada do 'Jornal da Globo' na última semana. A profissional da mídia dividiu o telejornal com William Waack por dez anos e cinco meses. Segundo o que se comenta nos bastidores, os dois nunca se deram bem. Christiane estaria cansada de trabalhar tão tarde e também ter que aguentar o colega de trabalho. Apesar de não se darem tão bem, a frente das câmeras ambos eram exemplares, até por isso, a #Rede Globo de #Televisão evitou tirar Pelajo do noticioso. A despedida aconteceu por meio de comunicado interno enviado pelo diretor-geral de jornalismo e esporte do canal, Ali Kamel. No texto, o profissional disse que a jornalista se empenharia em um novo projeto, mas não deu detalhes sobre este.

Publicidade
Publicidade

Desde o dia 15 de outubro, William está sozinho na atração. No entanto, nos próximos dias ele deve ganhar a companhia de Renata Lo Prete, que hoje pode ser vista na Globo News.

Mas não pense que a mudança de fase na carreira de Christiane Pelajo saiu barato. De acordo com informações do portal Yahoo! em reportagem publicada nesta sexta-feira, 23, a jornalista sofrerá uma grande redução de salário. O valor atual não foi mencionado, mas o site garante que é bem menor do que o anterior, que giraria em torno de R$ 120 mil reais. Você pode achar o valor absurdo para apenas alguém apresentar um telejornal. No entanto, William Bonner receberia R$ 1 milhão por mês para ancorar e ser editor-chefe do 'Jornal Nacional'. Sua companheira de bancada, Renata Vasconcellos ganharia bem menos, cerca de R$ 250 mil, mesmo salário de outros comunicadores do canal, como Sandra Annenberg.

Publicidade

Quando Fátima Bernardes ainda apresentava o 'Jornal Nacional', ela ganhava um pouco mais do que a atual colega de Bonner, cerca de R$ 500 mil. Hoje no entretenimento, Fátima Bernardes chega a ganhar mais de três vezes esse valor. 

A notícia da redução do salário de Christiane Pelajo deixou outros "medalhões" em pânico dentro do canal. Até porque, recentemente, a Globo decidiu trocar seus correspondentes internacionais por nomes mais jovens e também mais baratos.  #Famosos