Conforme você já soube por aqui, o programa global ‘É de Casa’ perdeu sua diretora e seu novo diretor tenta reformular o programa para salvar a atração, mas tudo indica que o programa com mais apresentadores por metro quadrado da TV brasileira esteja prestes a ser, definitivamente, cancelado. Mas, antes disso, ele passará por reformulações, como uma possível redução de apresentadores.

Se for cancelado, fontes ligadas ao programa informam que a TV Globo apostará em desenhos animados, filmes e séries para tirar o SBT de sua confortável posição de líder de audiência aos sábados, quando é apresentado o Mundo Disney e Sábado Animado.

Publicidade
Publicidade

Como a Globo perdeu os direitos de exibição de seus melhores desenhos animados após tirar a TV Globinho do ar, como Bob Esponja e Os Padrinhos Mágicos, suas principais atrações, inicialmente, seriam desenhos e séries voltadas para o público infantil.

Segundo colunistas da TV, a ideia é que o ´É de Casa’ fique no ar até o próximo mês para que a emissora avalie se vale a pena incluí-lo em uma nova grade do próximo ano. Caso o novo diretor do programa consiga fazer a atração ressurgir das cinzas e cair no gosto da maior parte dos telespectadores, o programa continuará no ar em uma nova temporada, mas se permanecer com o estilo atual, Zeca Camargo e cia já podem procurar seus próximos projetos, pois tudo indica que nessa “casa” não será possível ficar.

Um programa que nunca ficou em primeiro

‘É de Casa’ está no ar há treze semanas, mas nunca conseguiu ficar em primeiro lugar em audiência.

Publicidade

A maior parte das interações envolvendo o nome do programa que rolam nas redes sociais, são de internautas criticando uma matéria, um comentário, um apresentador ou todos os apresentadores falando ao mesmo tempo. Segundo o colunista Ricardo Feltrin, o programa é considerado "tosco e indigesto" para os telespectadores.

Se por um lado a vice liderança pode não parecer tão ruim assim, por outro a Globo não está acostumada a ser vice. Como se fosse Messi em uma crise de rebeldia ao receber sua medalha de vice-campeão da Copa 2014, assim é a emissora carioca, que move mundos e fundos para ser sempre a primeira.

Entretanto, esse ano tem sido o ano dos fracassos globais. Enquanto muitos achavam que “Babilônia” seria o maior fracasso do ano, “A Regra do Jogo” conseguiu ficar na vice-liderança várias vezes e ter audiência inferior a de novela das 18 horas.

E você, acha que esse programa ainda tem jeito ou prefere desenhos animados? Deixe sua opinião nos comentários. #Televisão #Blasting News Brasil #Rede Globo