O "Boa noite" de William Bonner foi mais sem graça nesta quarta-feira, 14. Isso porque o apresentador viu uma fato histórico acontecer. Pela primeira vez na televisão brasileira, o 'Jornal Nacional', há 40 anos no ar, perdeu para um produto da concorrência em pleno Rio de Janeiro, estado conhecido por ter sido Globo de carteirinha até agora. E adivinha para quem ele perdeu? Só poderia ser mesmo a novela bíblica da emissora de Edir Macedo, 'Os Dez Mandamentos', que chegou a ficar quase 4 pontos a frente da Globo na cidade maravilhosa. 

E a derrota não foi por uma pequena margem, durante toda a exibição do noticiário, que também é comandado por Renata Vasconcellos, a TV Globo ficou atrás no Ibope.

Publicidade
Publicidade

Índices alarmantes para o canal. Moisés (Guilherme Winter), Faraó Ramsés (Sérgio Marone) e companhia venceram de cabo a rabo a Globo. 

O curioso é que a vitória aconteceu em um momento em que a novela nem exibia um capítulo especial. Talvez o noticiário problemático brasileiro realmente esteja espantando os telespectadores. E olha que o Rio de Janeiro tem o segundo público mais fiel do 'Jornal Nacional' em todo o país. Índices maiores e mais discrepantes só acontecem mesmo em Florianópolis, Santa Catarina, que já vê 'Os Dez Mandamentos' subir e chegar perto da Globo. A felicidade da TV Record deve demorar pelo menos mais um mês, já que a rede de TV ainda não anunciou que a história está chegando em seus últimos capítulos. 

No horário entre 20h28 E 21h07, o 'Jornal Nacional' marcou 20,4 pontos, contra 22,3 pontos de 'Os Dez Mandamentos'.

Publicidade

A vitória por quase dois pontos dá à Record um feito inédito e para os atores do folhetim a sensação de terem feito um ótimo trabalho. Até porque foi no Rio que 'Os Dez Mandamentos' foi gravada. É no estado que se localiza o RecNov, centro de dramaturgia da emissora. 

Se contar todo o período de exibição de 'Os Dez Mandamentos', que ainda bateu de frente com 'A Regra do Jogo', a vitória foi ainda maior, 23,5 pontos a 20,9 pontos. Isso significa que três milhões de cariocas assistiram ao folhetim.  #Famosos #Novelas #Rede Record