Ela ficou conhecida justamente por fazer matérias política em seu início de carreira na #Televisão. A ousadia e raciocínio rápidos de Monica Iozzi no 'Custe o que Custar', logo fizeram que ela ganhasse a atenção da Rede Globo de Televisão. A ascensão dela no canal da família Marinho foi rápida, passando pelo 'Big Brother Brasil', a novela 'Alto Astral' e por último no 'Vídeo Show'.

O fato dela ser apresentadora do vespertino que cobre os bastidores dos famosos no maior canal de televisão, faz com que tudo o que ela fale ou escreva, possa ser polemizado. E foi isso o que aconteceu nesse fim de semana, quando a companheira de Otaviano Costa usou o Twitter e acabou sendo má interpretada de forma errada por muitas pessoas. 

Na noite deste domingo, 25, Monica utilizou o microblog de 140 caracteres para desejar uma boa noite a seus seguidores, mas não parou por aí.

Publicidade
Publicidade

Com quase quinhentos mil fãs na rede social, Iozzi decidiu fazer piada com o mundo político. A contratada da #Rede Globo pediu aos seus seguidores que rezassem antes de irem para a cama. Nas orações, um pedido em comum, que uma bala perdida atingisse #Eduardo Cunha. O deputado federal pelo PMDB do Rio de Janeiro é Presidente da Câmara dos deputados e está sendo investigado por contas não declaradas na Suíça. 

 "Boa noite a todos! Mas antes de dormir, vamos orar pra que uma bala perdida encontre o Eduardo Cunha", publicou Monica Iozzi.

Veja a publicação polêmica feita pela apresentadora do 'Vídeo Show':

Os odiadores do política endossaram o coro da apresentadora na internet, entendendo que o atual momento político pertence esse tido de brincadeira.

Publicidade

Já aqueles que demonstram algum tipo de proximidade com o deputado federal, não gostou nada da publicação. Alguns internautas também sugeriram para que a tal bala atingisse a presidente da república, Dilma Rousseff, que está em uma má fase em seu governo.

O 'Vídeo Show' marca médias de 10 pontos na grande São Paulo. Cada ponto representa cerca de 67 mil domicílios na maior cidade do país.