O Masterchef Júnior mal começou e já tem dado o que falar. Porém, infelizmente o noticiário de hoje a respeito da estreia do programa teve como foco um assunto bastante polêmico e triste. A participante Valentina, de 12 anos, foi ameaçada por pedófilos através da rede social Twitter.

Entrevista com os pais

Os pais de Valentina Schulz foram entrevistados hoje pelo site IG e informaram que eles haviam contratado uma pessoa para cuidar da conta da menina nas redes sociais, pois já imaginavam que ela poderia sofrer algum tipo de assédio. Porém afirmaram ter ficado surpresos o grau de sexualidade do que foi dito já que não haviam pensado na possibilidade de assédio sexual.

Publicidade
Publicidade

Segundo o pai da jovem, havia homens que solicitaram que a menina enviasse fotos nuas.

O pai da menina também informou que nem todas as mensagens estão sendo mostradas à jovem. Isso porque estão sendo feitas avaliações prévias do que é escrito e só então as mensagens dos fãs são repassadas a minichef. A família também informou que alguns usuários já foram suspensos.

Internautas indignados

O caso de pedofilia gerou enorme repercussão entre os usuários das redes sociais que chegaram a ameaçar quem mencionasse a menina com segundas intenções.

Alguns dos "pedófilos" chegaram a ser ameaçados de linchamento. 

Usuários removidos do Twitter

Os usuários mencionados no caso já tiveram suas contas removidas do Twitter, porém continuam sendo ameaçados inclusive de morte. 

Insultos a Valentina

A menina de 12 anos, além de ter sofridos ameaças, foi insultada por meio de palavras de baixo calão, onde colocavam o seu caráter a prova.

Publicidade

Outros participantes

O elenco do novo MasterChef Junior conta com crianças de 9 a 13 anos. 

Até o momento, não foram registrados outros casos de assédio além de Valentina, mas algumas mães dos chefes mirins já se mostraram preocupadas por meio de redes sociais.

Como denunciar?

Caso você veja algum caso de pedofilia ou assédio de menores na internet ou até mesmo no mundo real, pode realizar uma denúncia através do Disque 100. A ligação é gratuita. #Televisão #Crime #Casos de polícia