Neste sábado, 05, o 'Porta dos Fundos', conhecido canal de humor da internet, postou mais um de seus vídeos polêmicos no Youtube. No produto de humor, Fábio Porchat e Clarice Falcão pedem à uma diretora de escola que não expulse Joãozinho porque ele é negro. O casal diz que a escola não pode ficar sem nenhuma criança negra porque isso traria problemas. A diretora fictícia explica que o menino explodiu o cano da escola, e, que por isso, ele precisa de um punição. "Dá uma suspensãozinha para dar um susto. Esse tipo de gente aprende assim", disse o personagem de Fábio Porchat.

Novela do SBT também é lembrada em vídeo

O casal do produto humorístico diz que toda escola é que nem 'Carrossel', novela infantil que está sendo reprisada na emissora de Silvio Santos.

Publicidade
Publicidade

"A gente também precisa ter um Cirilo", diz Porchat fazendo uma referência ao garotinho vivido por Jean Paulo na trama adaptada por Íris Abravanel.

Com a insistência da diretora, Fábio Porchat diz que já falou com os pais das crianças e que tudo estava resolvido. "Vocês foram na casa do João?", questiona a diretora. Clarice Falcão então responde: "não, imagina que a gente ia subir o morro, cheio de violência, nem pensa. Até por isso, não expulsa ele, essa é uma ótima oportunidade para a vida do garoto".

A atriz então avisa que o tal garoto expulso mora no Leblon. "Qual favela?", pergunta Clarice Falcão. "Ele mora no Leblon, mas de frente para o mar", diz a diretora deixando os dois reclamantes sem argumentos. Outro ator entra em cena e diz que uma aluna quebrou o vidro. "É aquela que é lésbica?", quis saber a ex mulher de Gregório Duvivier.

Publicidade

Ao fim do vídeo, o 'Porta dos Fundos' faz uma campanha contra o preconceito e diz que essa é uma das metas para um mundo mais sustentável.

Veja abaixo o vídeo que está dando o que falar:

O vídeo dividiu os internautas. Para alguns, a encenação seria uma sátira a uma triste realidade, que é o preconceito incubado que existe em muitas pessoas. Já para outros, o vídeo também acabou sendo preconceituoso. Faça você a sua própria análise.  #Novelas #É Manchete!