Há quem diga que assistir "Os Dez Mandamentos" é quase a mesma coisa que ler a Bíblia, pois a trama conta uma das mais lindas histórias bíblicas, onde Deus age para a salvação de seu povo, porém, os coloca em constante desafio para que eles possam demonstrar que realmente têm fé nas promessas divinas.

Só que uma decisão da Record está mexendo muito com esta possibilidade de aprender o conteúdo bíblico através de sua novela, pois a emissora pretende mudar o final da trama e deixar a história diferente do que é contado na Bíblia.

"Os Dez Mandamentos" é um fenômeno de audiência, já superou até a novela da Rede Globo de #Televisão e é, sem dúvida alguma, uma das melhores produções de todos os tempos da Rede Record.

Publicidade
Publicidade

Porém, o público não está gostando nem um pouco de saber que a história de Moisés ficará diferente do que é ensinado pela Bíblia.

É que pela Bíblia, quando o povo hebreu atravessa o mar, graças ao movimento das águas que se abrem para a passagem de todos, os soldados do Faraó resolvem seguir os antigos escravos e entram mar adentro e, com estes soldados, está o Rei Ramsés. Quando o último hebreu atravessa o mar, as águas se fecham e todos os soldados morrem afogados, juntamente com o rei do Egito.

A novela da Record irá dar um outro destino ao Rei e ele até sairá com os soldados para capturar novamente os escravos, só que, na última hora, ele decidirá não entrar no mar e por isso vai sobreviver à fúria das águas. "Vou sobreviver ao fechamento do mar" - foi o que revelou o ator Sérgio Marone, que interpreta o personagem, porém, não foi dado maiores detalhes do que acontecerá com Ramsés depois que ele retornar ao palácio.

Publicidade

A Bíblia é clara ao narrar a morte de Ramsés com todos os seus soldados, que são "engolidos" pelo mar Vermelho. A Record insiste em um final para “Os Dez Mandamentos” onde o rei Ramsés não morre e, nas redes sociais, o público já protesta, dizendo que a emissora irá estragar, no final da novela, uma trama que, até então, foi uma da melhores #Novelas de todos os tempos. #Blasting News Brasil