Recentemente, foi oficializado o veto público da #Rede Record aos artistas da casa em suas possíveis participações da edição 2015 do Teleton, que será realizado nos dias 23 e 24 de outubro. Mas o que motivaria tal decisão?

A principal motivação para o "boicote" promovido pela Rede Record, ao proibir seu casting de participar da atração no SBT, seria um desconforto causado por Danilo Gentili ao brincar com a emissora e suas atrações em diversas ocasiões.

Além de Xuxa, hoje uma das principais estrelas entre as contratações da Rede Record, outros nomes como Rodrigo Faro, Marcos Mion e Sabrina Sato, que tinham suas participações na atração muito aguardadas, acabaram por ser vetados de se envolver com o projeto.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações do site Na Telinha, a Rede Record teria se irritado com as insistentes brincadeiras de Danilo com as atrações da emissora de Edir Macedo, sobretudo na ocasião da data de estréia do programa #Xuxa Meneghel, em que todo o elenco do The Noite teria se vestido à caráter à la Show da Xuxa (do jeitão descontraído do programa, é claro) e Gentili teria conduzido a entrevista da noite, Matheus Ceará, humorista do programa "A Praça é Nossa", em uma banheira com o produto Monange, marca que Xuxa foi garota propaganda durante anos.

Mas será mesmo que esse seria o motivo do veto?

Uma análise mais profunda sobre o histórico da emissora, mostrará que nos últimos anos a Rede Record vem se empenhado em equiparar-se à Rede Globo em qualidade de produção, para bater de frente na audiência e alcançar maiores índices de relevância e, é claro, mais retorno financeiro para a emissora.

Publicidade

Esta nova direção que a Rede Record iniciou há alguns anos é o que vem justificando grandes investimentos em super produções de sucesso.

Podemos citar exemplos como a novela Os Dez Mandamentos, líder de audiência no horário, uma reformulação na forma de fazer jornalismo, com destaque para o Domingo Espetacular, inclusive até mesmo no tratamento do formato estético, muito semelhante ao Fantástico da Rede Globo, e até contratações de ex-funcionários da casa, como Ana Paula Padrão (atualmente na Band), Márcio Garcia, Rodrigo Faro e mais recentemente Xuxa Meneghel, além de diversos atores do casting de novelas da emissora global.

É nesse ponto que talvez a mídia possa estar se equivocando ao apontar Danilo Gentili como pivô do veto por parte da Rede Record, sobretudo porque não pareceram ataques ou piadas de mau gosto, como a mídia tem colocado.

Se sabe que a Rede Globo sempre manteve seus artistas sob um regime bastante fechado quanto a participação dos mesmos em atrações de outras emissoras.

Publicidade

Isto é o que garante uma certa exclusividade da casa com seus artistas e, sobretudo, uma grande valorização dos mesmos, já que eles acabam ficando disponíveis apenas para as atrações da própria casa e, sendo artistas que atraem audiência, esta não é dividida com outras emissoras, o que gera ainda mais valor para a emissora.

A lógica é bem simples: Se a Rede Record vem buscando se equiparar em qualidade com a Rede Globo através da adoção de posturas semelhantes, não estaria agora, também, adotando o regime restritivo da emissora concorrente ao vetar seus artistas de participarem de outras atrações em outras emissoras? Xuxa Meneghel foi uma grande aquisição da Rede Record, praticamente uma contratação de honra, além de muito recente, e talvez a emissora não esteja muito disposta a dividí-la por enquanto (ou talvez por um longo tempo).

E você, leitor, o que acha? Deixe sua opinião nos comentários! #Famosos