A apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel deu para reclamar mais nos últimos meses. Se no passado, a eterna "rainha dos baixinhos" reclamava de não poder falar na Rede Globo de Televisão, no presente ela fala até demais. Depois do próprio canal de Edir Macedo dizer que não censura #Xuxa, a comunicadora continua a falar com sua produção que não pode falar disso ou aquilo. Os assuntos mais nebulosos e quase proibidos seriam religião e política, mas convenhamos, dificilmente qualquer apresentador em um grande canal fica opinando sobre esse ou aquele político, muito menos sobre religião.

É bom lembrar que canais de televisão são concessões públicas e todos eles tentam ao máximo transparecer que não apoiam nem são contra a esse ou aquele partido, mantendo a tão famosa e difícil imparcialidade.

Publicidade
Publicidade

As reclamações tem deixado alguns bispos da Igreja Universal do Reino de Deus, que também atuam na alta cúpula da rede de TV, em estado de nervos e furiosos. O vice-presidente artístico da emissora, Marcelo Silva, estaria tentando conter os ânimos das duas parte. Marcelo não quis dar uma chamada direta em Xuxa, segundo uma fonte ouvida pela Blasting News, mas pediu que uma pessoa próxima à apresentadora tivesse uma conversa com ela. No enredo, o canal pede maturidade. Muitos dizem que a loira não só gosta de fazer programas para crianças, como também é uma. 

Apesar das negativas, até mesmo no ar, Xuxa disse que não podia falar disso ou aquilo. Em sua participação no 'Teleton', por exemplo, ela mandou uma indireta para Record, perguntando "se poderia jurar por Deus". Mas a apresentadora tem atacado para todos os lados, gerando repercussão na mídia.

Publicidade

Ela já também alfinetou a jornalista Sônia Abrão durante uma ação comercial e na última segunda-feira, 26, sobrou até para Silvio Santos, que nas últimas horas do 'Teleton' disse que a loira se parecia um "rapaz americano". A eterna "rainha dos baixinhos" decidiu continuar a polêmica e começou o programa dizendo que ela era o "menino americano". Sem necessidade.  #Famosos #Rede Record