A TV Bandeirantes deu o sinal verde e anunciou que o 'Pânico' continuará em sua grade no ano que vem. A emissora de Johnny Saad negou que ainda esteja na fase de negociação com o empresário que tem os direitos de imagem da trupe de comédia Tutinha. A resposta foi dada nesta terça-feira, 03, e publicada na coluna do jornalista Ricardo Feltrin no UOL.

Atração tem sofrido no Ibope, cada vez mais pobrinho

Nas últimas semanas, os burburinhos sobre o fim do 'Pânico' ganharam o Morumbi. A atração não vive sua melhor fase de audiência e chega a perder no Ibope para o 'Encrenca', da RedeTV!, que com produção precária aposta nos vídeos da internet através de quadros como o 'Zap Zap', que registra os momentos de pico da atração.

Publicidade
Publicidade

A boataria rola solta

Entre os boatos estaria o fato de que Tutinha, que também é dono da rádio Jovem Pan, queria mudar os valores dos contratos, buscando ganhar mais. Caso isso realmente fosse feito, as condições para a TV Bandeirantes se complicariam, já que neste ano o canal enfrentou uma de suas maiores crises, efetuando centenas de demissões em todo o país, principalmente no jornalismo. As regiões mais afetadas foram o Rio de Janeiro e São Paulo. Programas como o 'Agora É Tarde' foram extintos e apresentadores demitidos. 

Ricardo Feltrin disse que fontes o informaram que hoje o 'Pânico' já lucraria mais do que a própria Band, já que teria que negociar com patrocinadores e também pagar os custos da produção de comédia. O 'Pânico' surgiu no rádio e ganhou a TV conquistando um sucesso estrondoso na RedeTV!.

Publicidade

A atração chegou a ter médias de 10 pontos em um canal que dava no máximo 2 pontos. Cada ponto representa cerca de 67 mil domicílios na maior cidade do país. 

Humorístico permanecerá na grade, mesmo com a crise econômica que atinge o país

Por meio de comunicado, a Bandeirantes negou que esteja insatisfeita com o negócio firmado com Tutinha. A emissora também informou que os valores não serão renegociados e que o humorístico ficará no ar pelo menos até o ano que vem, 2016.  #Entretenimento #Famosos #Televisão