Ele é um dos maiores responsáveis pelo grande sucesso da novela 'Os Dez Mandamentos'. Alexandre Avancini, de 50 anos, dirigiu cenas épicas do folhetim exibido pela emissora de Edir Macedo, a TV Record, como a tão esperada abertura do Mar Vermelho exibida na última terça-feira, 10. A sequência chegou a 28 pontos de média e 31 pontos de pico na grande São Paulo. Cada ponto representa cerca de 67 mil domicílios na maior cidade do país. Em entrevista à jornalista Lígia Mesquita em reportagem publicada neste sábado, 14, Avancini falou um pouco sobre a novela bíblica adaptada por Vivian e Oliveira e também sobre sua antiga casa, a #Rede Globo de Televisão. 

O profissional da dramaturgia não poupou críticas ao canal da família Marinho e revelou que a Record não fará só #Novelas bíblicas daqui para frente, mas que ainda há muitas histórias baseadas na bíblia para se contar.

Publicidade
Publicidade

Na conversa, o diretor confirmou a segunda parte de 'Os Dez Mandamentos', mas diz que ela terá apenas 20 capítulos e não os 60, como informou no início da semana o jornalista Flávio Ricco. Avancini tem contrato com a Record até o ano de 2020 e diz que a emissora faz muito bem em poder ser uma alternativa fora da Globo. Para ele, existe uma necessidade de acabar com o chamado "monopólio" da teledramaturgia nas terras tupiniquins. 

Avancini deu duras palavras contra ao maior canal do país, dizendo que ele não só tem o monopólio do setor dramatúrgico nacional, como também 'engessou' suas novelas e minisséries, criando um formato que acaba se repetindo a cada produção. Para o diretor, o fato do canal sempre ter convivido com boa audiência fez com que ele se acomodasse, não investindo em formatos e histórias novas para se contar. 

Apesar de todas as produções feitas pelo canal, Avancini lembra que até hoje a emissora evita várias temáticas, como terror e ficção científica.

Publicidade

As críticas são feitas pelo profissional de um canal que também não tem provocado variação na mesma temática, a não ser pelo fato de investir no setor bíblico.  #Rede Record