Os fãs da banda Calypso ainda não estão conformados com a separação entre Joelma e Chimbinha. Os líderes da maior banda independente do país estão promovendo uma manifestação para a próxima segunda-feira, 09, quando acontecerá enfim a oficialização do divórcio entre os dois #Famosos. A assinatura do desenlace ocorrerá em um fórum de Recife, em Pernambuco. A banda Calypso ficou conhecida por tocar seus ritmos em Belém do Pará e depois ir para programas de #Televisão, levando o ritmo diferente para todo o país. 

Em um grupo no Facebook, os fãs da Calypso estão se organizando e já se chamam até de '"joelmaníacos". Os admiradores da cantora vão levar até cartazes e bexigas para incentivar a profissional da #Música nessa sua nova fase.

Publicidade
Publicidade

Chimbinha pode ficar tranquilo, já que os "joelmaníacos" não pretendem agredir-lo. Nos comentários do Facebook, fãs pedem calma a outros mais estourados e não querem promover nenhum tipo de hostilização ao guitarrista. O apelo está dando o que falar. A imprensa deve estar em peso no local, especialmente agora. Os holofotes ficaram mais acesos para o ex-casal nas últimas semanas, depois que a separação deles virou praticamente uma novela. 

Lembrando que Chimbinha foi hostilizado no início de outubro, quando por medida judicial conseguiu voltar aos palcos ao lado de Joelma. Depois de receber vaias e até ter objetos tacados nele, o guitarrista desistiu do show e também da banda. Agora ele seguirá em carreira solo, ao lado de uma nova loira, Thábata, que já garantiu que não está no lugar de Joelma, mas apenas ocupando uma ocupação.

Publicidade

Picuinhas

Depois da separação, Joelma disse apanhou do ex-marido e que precisou ficar três dias dentro de um hotel por conta do rosto inchado. Em outra oportunidade, o guitarrista teria tentado empurrar a cantora de uma sacada. Apesar das agressões, os dois viveram anos juntos. Chimbinha nega que tenha feito isso tudo e apenas confessa que traiu a esposa e que ela descobriu ao mexer em seu celular, lendo uma conversa do WhatsApp.