A Rede Globo faturou mais dois troféus Emmy International, na quadragésima terceira edição da maior festa da televisão mundial. Desta vez, a novela "Império" conquistou o Emmy Internacional de Melhor Telenovela - concorrendo contra a espanhola "Ciega a Citas" (Cuatro), a angolana "Jikulumessu" (Semba Comunicação) e a portuguesa "Mulheres" (TVI).

O folhetim vencedor foi escrito por Aguinaldo Silva, que prometeu ficar nu pela vitória, e conta a história de José Alfredo Medeiros (Alexandre Nero) e sua saga de homem pobre do sertão que vira milionário com tráfico de diamantes, administra uma família grande e é desejado por várias mulheres.

Publicidade
Publicidade

O "Comendador" forja a própria morte para fugir dos inimigos, deixa a fortuna nas mãos de uma filha bastarda, vira enredo de escola de samba e termina a trama com um mistério sobre o futuro da família.

Já a série "Doce de Mãe" teve duas indicações: Fernanda Montenegro (vencedora em 2013), foi indicada novamente ao prêmio de Melhor Atriz, mas saiu derrotada por Anneke von der Lippe, por "Øyevitne" (NRK / SVT / DR / YLE Fem / Nordvision Fund., Noruega). Também concorria Sheridan Smith, por "Cilla" (ITV, Reino Unido). A sitcom global de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado também foi indicada como Melhor Comédia, e venceu a francesa "Fais pas ci, fais pas ça" (France 2), a colombiana "Familia en venta" (Fox International Channels / Fox Telecolombia), a sul-africana "Puppet Nation ZA" (Both Worlds) e a canadense "Sensitive Skin" (HBO Canada).

Publicidade

Outro Emmy brasileiro na noite de gala foi para a série "Psi", da HBO, vencedora na categoria Melhor Série Dramática. A Globo é a única emissora brasileira a vencer o Emmy Internacional, com 14 estatuetas, a maior parte delas no entretenimento. No ano passado, a novela "Joia Rara" foi premiada, e Roberto Irineu Marinho (CEO e presidente do Grupo Globo) foi agraciado com o prêmio de Personalidade Mundial da Televisão. Em 2013, além de Fernanda Montenegro, a novela "Lado a Lado" surpreendeu e venceu o fenômeno "Avenida Brasil". O jornalismo da emissora carioca também já ganhou o "Oscar da televisão", com a cobertura da retomada do Complexo do Alemão pela polícia do Rio, em 2011.

O diretor-geral da Globo, Carlos Henrique Schroder, fez parte do júri que selecionou os finalistas do 43º Emmy Internacional. A edição de 2016 está marcada para o dia 10 de dezembro. #Entretenimento #Novelas #Rede Globo