Neste sábado, 07, uma fato histórico passou desapercebido por muitos telespectadores que acompanhavam a programação da Rede Globo de Televisão. O principal telejornal do canal, o 'Jornal Nacional' teve um boa noite mais "cor de rosa". Isso porque duas mulheres estavam no noticioso, que geralmente é apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos. As duas jornalistas escolhidas para o plantão de sábado foram Giulianna Morrone, que a cada ano ganha mais espaço no canal da família Marinho, e Ana Paula Araújo, responsável pelo primeiro Emmy do 'Jornal Nacional', ganho graças a cobertura da invasão da polícia Militar ao Complexo da Alemão, no Rio de Janeiro. 

Essa é apenas a terceira vez em 46 anos de existência do 'Jornal Nacional' que duas mulheres ficam lado a lado na bancada.

Publicidade
Publicidade

Nas outras duas ocasiões, a TV Globo tinha um motivo especial para tanto. Nos dias 08 de março de 2014 e de 2015 tal fato já havia ocorrido, mas para homenagear o Dia Internacional da Mulher. Uma escalação mais do planejada, que em um ano teve Sandra Annenberg dividindo a bancada com Patrícia Poeta, e no outro, com Renata Vasconcellos. Sandra é a mulher que mais faz plantões no noticioso. Com a saída de Christiane Pelajo do 'Jornal da Globo', Giulianna Morrone ganhou mais espaço no jornalístico, fazendo agora parte da lista de escala tão prestigiada. 

Sem nenhum motivo especial, as duas profissionais arrasaram, lendo e comentando as mais diversas pautas. O futebol não foi deixado de lado e até piadas de cunho esportivo foram ao ar. Uma coisa praticamente impensável quando o programa estreou, na noite de primeiro de setembro de 1969, mas que mostra uma nova realidade da sociedade brasileira, afinal, de fato, não é necessário ter qualquer motivo para colocar duas mulheres em uma bandada de noticiário.

Publicidade

A TV Record faz isso frequentemente com o seu 'Fala Brasil' e outras emissoras também investem nos ares femininos para levar credibilidade ao público. Nas redes sociais, os mais atentos comemoram o fato. E não era para menos, né?  #Famosos #Televisão #Rede Globo