Esta semana a novela "Os Dez Mandamentos" entra em uma nova fase, deixando para trás as 10 pragas e começando a mostrar a libertação do povo hebreu, que já se prepara para deixar o Egito após a morte do filho de Ramsés. No capítulo de segunda-feira (02), a última cena mostrou o Anjo da Morte entrando em todas as residências que não estavam marcadas com o sangue do cordeiro e tirando a vida dos primogênitos.

A morte do filho do rei será mostrada nesta terça-feira (03) e será um dos momentos mais emocionantes da trama, quando Ramsés finalmente se dá por vencido e permite que os escravos sejam libertados.

Na quarta-feira (04), Karoma não será mais bem-vinda ao harém do palácio porque seu filho Pepy está vivo e a rainha não se conforma que isto seja possível, enquanto que seu primogênito, o herdeiro do trono, tenha morrido. Meketre vai dizer a Bak que Tai deseja conversar com ele e a mulher o agradece imensamente.

Publicidade
Publicidade

Depois Meketre ajuda Bak a retornar à vila dos hebreus, onde, emocionado, dará adeus ao filho.

Antes dos hebreus partirem, eles fazem ainda uma exigência: que os egípcios lhes deem suas jóias e também seu ouro e eles obedecem, para se verem livres de uma vez por toda dos escravos e não serem penalizados com novas pragas. Várias carroças repletas de ouro e prata são puxadas pelos hebreus.

Bakenmut vai contar ao rei que vários egípcios, inclusive Gahiji, foram para a vila dos hebreus e pergunta o que Ramsés deseja que seja feito com os traidores, mas o faraó está inconsolado com a morte do filho e somente diz que é para deixar os escravos irem embora e aproveita para pedir a Bakenmut que os corpos de todos os primogênitos mortos sejam embalsamados.

Nefertari não se conforma que seu filho esteja morto e Pepy conseguiu sobreviver à praga e vai até a vila dos hebreus, onde agride Karoma e chega a dizer que vai matar seu filho, mas Radina impede que a rainha continue fazendo ameaças, antes, porém, de deixar a vila, a rainha expulsa sua serva.

Publicidade

Leila está sofrendo muito pela morte de Uri e é preciso ser amparada por Abigail. Chibale e Gahiji estão apreensivos, mesmo assim eles resolvem deixar o Egito e seguem para o deserto acompanhados de Leila e de todos seus familiares. Arão e Eliseba também já estão prontos para deixarem o Egito e até se assustam ao ver como os filhos estão empolgados com a partida.

Moisés fará uma oração agradecendo a Deus por ter libertado o povo hebreu da escravidão do Egito e então se emociona ao recordar do pai Arão. Meketre pedirá ao filho que permaneça com ele no Egito e Bak o atenderá, feliz por ver seu pai tendo tal atitude. Radina partirá com os hebreus rumo ao deserto.

Chibale e Gahiji se surpreenderão quando ficarem sabendo que Simut foi embora com os hebreus. Ramsés ficará na sacada do palácio, observando os hebreus partindo do Egito. #Novelas #Blasting News Brasil #Rede Record