Taís Araújo já foi chamada pela Polícia Federal para depor a respeito das ofensas racistas sofridas em sua página no Facebook. O caso repercutiu em todo o país e milhões de pessoas enviaram mensagens de apoio à atriz.

Ronaldo Oliveira, diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), já determinou à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) que seja instaurado um inquérito onde será apurado o #Crime de racismo contra Taís. De acordo com o diretor, a atriz será ouvida e todos os envolvidos serão identificados e posteriormente intimados a depor sobre o caso.

A foto de Taís Araújo publicada em sua conta no Facebook é do início do mês de outubro e recebeu vários comentários preconceituosos de perfis diferentes. Assim que as pessoas foram tomando conhecimento do ocorrido, demonstraram carinho e apoio à atriz através da hashtag #SomosTodosTaísAraújo, que logo se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter e durante todo o domingo (01) ficou entre os 10 mais comentados.

Publicidade
Publicidade

E foi através do próprio Facebook, onde foi vítima de preconceito, que a mulher de Lázaro Ramos publicou um belíssimo desabafo e garantiu que iria à Polícia Federal.

"É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso..." - foi o começo da publicação feita pela atriz, que pediu a todos para não se calarem diante do racismo. Ela ainda garantiu que não apagaria nenhum dos comentários para que todos possam ver e sentir vergonha de ainda terem pessoas covardes neste país.

"Não vou me intimidar, tampouco baixar a cabeça!", disse Taís Araújo, que fez o que prometeu e esta semana estará contando com a Polícia especializada em crimes pela internet para encontrar os culpados e assim todos eles responderão pelo crime de racismo.

E agora não só a atriz global como também todo o Brasil espera que os culpados sejam identificados, punidos e que sirvam de exemplo para que estes casos não voltem a acontecer.

Publicidade

Infelizmente Taís Araújo não é a primeira vítima destes comentários racistas, mas deixou claro que é preciso não se calar diante deste absurdo. #Famosos #Rede Globo