Em sua primeira entrevista, a viúva do ator Robin Williams, Susan Schneider, disse que seu marido não cometeu suicídio por conta do uso de remédios ou da depressão. Segundo ela, o ator foi diagnosticado com a demência 'Corpos de Lewy', conhecida como uma #Doença degenerativa do sistema neurológico, que também prejudica os movimentos do corpo.

Em entrevista a revista People, a viúva diz que passou muito tempo se esforçando para descobrir a causa real que levou seu marido ao suicídio. "Não foi a depressão que matou Robin", afirma em negativa ao que foi amplamente noticiado na época da morte. "Depressão foi um dos, vamos dizer, 50 sintomas, e foi pequena", completa. 

Susan afirma que a demência foi realmente diagnosticada cerca de um ano antes da morte do marido.

Publicidade
Publicidade

No entanto, em 2014, os sintomas se intensificaram, levando Robin Williams a sofrer com grandes crises emocionais e prejudicando seus movimentos. O ator teria, inclusive, se acidentado com um "erro de cálculo" ao fechar uma porta que deixou sua cabeça sangrando.

"Eles se apresentam como no jogo pinball. Você não consegue entender o que está vendo", conta Susan, em relação aos sintomas. "A doença foi mais rápida e maior que nós. Gostaríamos de ter chegado lá, eventualmente", conclui a viúva, sobre o tratamento do marido.

A demência é normalmente associada à loucura, entretanto, o termo é utilizado para definir casos de deficiência cognitiva persistente e progressiva. Atribui-se a ela a queda progressiva das capacidades intelectuais de uma pessoa. Normalmente, seus sintomas são marcados pela perda de memória, dificuldades nas rotinas diárias e outras situações que interferem nas relações sociais da pessoa.

Publicidade

Estudos em todo o mundo tentam encontrar uma forma eficiente de combater a doença. Recentemente, um grupo de cientistas desenvolveram um novo tratamento contra a demência que estimula células do cérebro. No Brasil, as lendas do boxe Maguila e Eder Jofre lutam contra uma variação da doença chamada demência pugilística, comum para lutadores que sofrem seguidos traumas na cabeça. #Famosos #Blasting News Brasil