'#A Dona' foi uma novela exibida originalmente em 2010 pelo 'Canal de las Estrellas', contou com Lucero, Fernando Colunga e Gabriela Spanic no seu elenco principal, a trama foi recordista em vendas intencionais, e fez muito sucesso dentro de casa, no México, por aqui o folhetim foi engavetado por 5 anos e veio á luz no ano de 2015, os números não mentem e foram eles que consideraram 'A Dona' como a melhor #Novela Mexicana exibida esse ano, além de ter conseguido ser a melhor audiência da faixa das 17h30, mais um feito para a novela guardar no bolço.

Lucero e sua mocinha nada convencional

Muitos dos méritos de 'A Dona' se devem a cantora e atriz Lucero, ela roubou a cena e conseguiu um feito, sua mocinha não era chata.

Publicidade
Publicidade

Pelo contrário, sua protagonista foi humana, doce e amarga, o que levou a personagem a ter um equilíbrio fundamental no desenvolvimento da história, a cena logo no começo da novela, em que 'Valentina' foi abandonada no altar foi tão bem executada, que partiu no meio o coração do telespectadores, o que acabou transformando Lucero em uma verdadeira diva no Brasil.

Fernado Colunga e seu personagem mais natural

O humor sempre foi um dos melhores atalhos para um personagem carismático e foi exatamente esse caminho que Fernando Colunga perseguiu, a leveza de José Miguel mostrou uma faceta pouco mostrada pelo galã mexicano, a naturalidade de Colunga está impressionante nessa novela, e é claro que ele foi um dos grandes destaques da trama, e a exibição de 'A Dona' só fez aumentar e preservar a popularidade do galã no Brasil.

Publicidade

Gabriela Spanic e suas legiões de fãs no Brasil

Uma coisa é certa, 'A Dona' só foi exibida pelo SBT porque os fãs de Gaby Spanic insistiram muito, ele fizeram campanhas, abaixo-assinados, cobravam a emissora pela a internet, o fato é que os admiradores nuca desistiram de 'A Dona', mesmo com vários anos de atraso, ele permaneceram fortes, e conseguiram finalmente que o #SBT acatasse o pedido, e hoje a trama é um dos maiores sucessos da grade do SBT.