A #Televisão brasileira vive um dos piores momentos na área do humor, mas o ano termina com alegria e uma pitada de saudade. A nova versão da Escolinha do Professor Raimundo tirou a carranca do telespectador que não encontrava nenhuma atração para levá-lo aos risos e mostrou que, sim, é possível fazer humor como nos velhos e bons tempos de Chico Anysio. A Escolinha do Professor Raimundo, exibida inicialmente no canal pago Viva e posteriormente nas tardes da #Rede Globo, deu uma aula de humor e registrou uma das maiores audiências da TV por assinatura e críticas positivas do jornalismo especializado.

O personagem que consagrou Chico Anysio, agora interpretado pelo filho Bruno Mazzeo, foi um presente para todos que gostam de humor inteligente.  E pensar que Mazzeo relutou em aceitar fazer o papel que foi do pai, mas no fim aceitou e deu um show de interpretação com uma nova característica para o velho Raimundo, porém sem abandonar os velhos trejeitos do professor mais amado do Brasil.

Publicidade
Publicidade

Humor sem prazo de validade

Chico Anysio criou a Escolinha nos anos 50, mas apenas para o rádio. A fórmula deu certo e atravessou gerações ganhando seu espaço na televisão. A princípio era apenas um quadro dentro do programa de Chico Anysio, mas o sucesso foi tanto que ganhou seu próprio horário em 1990, permanecendo na grade da Globo até 2001.

A nova versão foi criada para homenagear o mestre do humor, mas devido ao grande sucesso a Globo e o Canal Viva deverão produzir novos episódios em uma segunda temporada para 2016.

A prova de que esse é um tipo de humor sem prazo de validade foi a aceitação do formato pelo público mais jovem que não acompanhou a versão clássica da escolinha. Além disso, a semelhança física dos novos atores com aqueles que deram vida aos personagens no passado e a excepcional interpretação também merecem ser considerados.

Publicidade

É inevitável deixar de notar o grande desempenho de Marcos Caruso (Seu Peru), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Dani Calabresa (Catifunda) e Betty Gofman (Dona Bela) na nova geração da escolinha. A dedicação dos atores não homenageou apenas o velho professor, mas também os intérpretes originais dos personagens de Orlando Drummond, Jorge Loredo, Zilda Cardoso e Zezé Macedo. Além disso, o texto ajuda por ser inteligente e engraçado ao mesmo tempo.

Atualmente a Escolinha do Professor Raimundo está sendo exibida aos domingos na Rede Globo no horário das 14h30. #Famosos