Assim como grande nomes brasileiros de várias áreas como Pelé, no futebol, por exemplo, Silvio Santos fez história na #Televisão brasileira, se tornando um ícone de várias gerações.

Senor Abravanel, ou simplesmente Silvio Santos, nasceu no dia 12 de dezembro de 1930, no Rio de Janeiro e sua história de superação e talento orgulha os brasileiros. Iniciou sua vida profissional como vendedor ambulante, após foi aprovado em primeiro lugar no teste na Rádio Guanabara que atualmente é a Rádio Bandeirantes na capital carioca, em seguida serviu o Exército, posteriormente criou o serviço de auto-falantes onde anunciava produtos nos intervalos  nas embarcações entre Rio de Janeiro e Niterói e ao notar bom faturamento o jovem talentoso foi além e fez acordo com a cervejaria Antarctica para vender cervejas e refrigerantes no local.

Publicidade
Publicidade

Logo depois mudou-se para São Paulo onde foi locutor e animador em bares apresentando espetáculos e sorteios animados em caravanas de artistas, recebeu o apelido de "peru que fala" e por meio deste a sua caravana denominada de "As caravanas do Peru" em pouco tempo ficaram famosas.

Sílvio Santos neste período formou-se em técnico em contabilidade e em 1962, estreou como apresentador de televisão com a atração "Vamos Brincar de Forca" na TV Paulista, cujo formato foi aprimorado e expandido no "Programa Sílvio Santos".

Depois a TV Paulista foi incorporada à Rede Globo e o apresentador continuou "comandando" a sua atração, tornando-se um fenômeno em audiência e faturamento, propiciando consequentemente a expansão e notoriedade da sua empresa "Baú da Felicidade".

Em 1970, a Rede Globo reformulou a sua programação, extinguiu os horários vendidos, investiu em esportes, jornalismo e novelas, sendo com isso em seguida, após seis anos deste período, migrando para Rede Tupi, assegurando a transmissão nacional de sua atração e ao mesmo tempo "lutando politicamente" para conseguir obter seus próprios canais televisivos.

Publicidade

Com a falência da Rede Tupi, o "Programa Sílvio Santos" passou a ser exibido pela Rede Record, emissora esta a qual o apresentador chegou a obter 50% das ações e pela persistência, em 1981 após longas conversas com a então primeira-dama Dulce Figueiredo, conseguiu a concessão do canal 4 de São Paulo, o que em seguida firmou-se como a TVS  (TV Studios) da capital paulista, já que uma vez em 1975 havia fundado a mesma estação televisiva no Rio de Janeiro pelo canal 11, e com as emissoras nestas localidades em pouco tempo construiu a marca #SBT que passou a ser utilizada em todo o país no final da década de 1980.

Ainda sobre a trajetória de vida de Sílvio Santos, deve-se recordar que em 1989 foi candidato à Presidência da República, porém impugnado pelo Tribunal Superior Eleitoral por conta de irregularidades do seu partido. Em 2001, "estrelou" o desfile da escola de samba carioca Tradição e na oportunidade também participaram outros artistas do SBT e neste mesmo ano, em agosto, a sua filha foi sequestrada na porta da sua casa, no Jardim Morumbi, em São Paulo, causando "alvoroço" em toda a imprensa.

Publicidade

Atualmente Sílvio Santos continua apresentando o seu tradicional "Programa Sílvio Santos" e mantém liderança em seu canal mesmo este sendo "comandado" pela sua filha Daniela Beyruti desde 2008.