O compositor cearense Belchior, autor de sucessos inesquecíveis, como Paralelas, Apenas um rapaz latino americano e Como nossos pais, vive um drama na vida pessoal, que chama a atenção de todos os seus fãs e admiradores em todo o Brasil. O artista que além de compositor é artista plástico, sobrevive fugindo da Polícia, pois é condenado pela Justiça. Com um rol de dívidas adquiridas ao longo do tempo e dois mandados de prisão, Belchior  tem despertado a atenção no Brasil e no exterior, pelo seu estilo de vida incerto, desperdiçando um talento raro e vigoroso, já em falta no Brasil atual.

As origens de Belchior

Belchior nasceu no interior do Ceará, numa família com 23 irmãos.

Publicidade
Publicidade

Ele foi o mais privilegiado. Ingressou na faculdade de Medicina em Fortaleza, onde cursou até o quarto ano. Largou tudo para se dedicar à carreira artística. Ele tornou-se famoso a partir dos festivais na década de 70, quando ficou conhecido por ter suas composições gravadas por Elis Regina, Jair Rodrigues e Roberto Carlos. O artista possui uma vasta cultura, domina cerca de cinco idiomas e é estudioso de Filosofia e Física Quântica. 

O início dos problemas

Belchior sempre foi um artista muito produtivo. Segundo seu  ex-sócio, Jorge Mello,o compositor costumava lançar sempre um disco por ano e fazia uma média de até três shows por noite. A sua vida parece ter começado a andar para trás, quando conheceu a produtora cultural Edna Assunção de Araújo, 46 anos, conhecida como Edna Prometheu. O artista largou um casamento de 35 anos e quatro filhas, sendo duas fora do casamento, para viver com a mesma.

Publicidade

Desde então, o compositor vive uma vida de fuga e de completo isolamento do mundo da #Música e dos seus fãs. Em 2006, pediu ao seu último empresário, Jackson Martins para suspender a agenda de shows. Queria dar uma pausa na carreira e se dedicar à pintura e à tradução da obra de Dante Alighieri, Divina Comédia, para uma linguagem mais popular. Este atividade lhe consumiu três anos, sendo abandonado pelo mesmo num quarto de hotel, durante as suas fugas constantes.

As dívidas e os problemas com a Justiça

A decisão de abandonar tudo para viver ao lado de outra pessoa, lhe rendeu uma série de complicações com a Justiça. Belchior é procurado pela polícia por conta de dois mandados de prisão, pela falta de pagamento de pensão alimentícia à ex-mulher Ângela e suas duas filhas, fruto de seu casamento e para uma outra filha, fora do casamento, que o artista teve com uma fã, em São Carlos. O compositor ainda tem uma quarta filha, fruto de seu relacionamento com uma estudante de Psicologia, em Fortaleza.

Publicidade

A família nunca reclamou na Justiça a pensão da mesma.

Belchior ainda acumula processos oriundos de dívidas trabalhistas com ex-empregados. O seu ex-secretário, Célio Silva, possui causa julgada na Justiça, no valor de 1 milhão de reais. Por conta disto, o compositor teve todos os seus bens como apartamentos, carros e sua contas bancária bloqueadas. Até os direitos autorais, pela execução de suas músicas, por outros artistas estão impedidas de utilização pelo mesmo.

O comportamento de Belchior

Os amigos atribuem o #Comportamento de Belchior à influência da companheira atual. Vistos pela última vez em Porto Alegre, onde vivem escondidos, os dois já perambularam por vários hotéis no Brasil e até no Uruguai, onde saem sem pagar a conta e já moraram de favor em casas de fãs desconhecidos e em abrigos públicos para moradores de rua. #Curiosidades