A crise no Brasil chegou também à Rede Globo e a emissora já começou a cortar gastos de todas as formas possíveis. Mesmo sendo dona de 75% de todo o faturamento publicitário do mercado de #Televisão brasileira, nem assim a Globo foi capaz de enfrentar a crise sem ter que fazer cortes. Neste ano, até mesmo o sorteio de brindes, que é realizado no final de ano entre os funcionários da casa, poderá não ser realizado. E os brindes nem são tão caros assim, mas a ordem da direção é cortar tudo que for possível.

Geralmente eram sorteados 300 prêmios, que incluíam televisores, tablets, entre outros, que faziam a festa dos funcionários.

Publicidade
Publicidade

O mais estranho disto tudo é que de um lado a emissora está cortando os gastos e de outro está gastando demais com algumas regalias dadas aos principais artistas.

A Rede Globo resolveu manter o vale-compras no valor de R$ 620,00 e a festa de confraternização também será realizada, porém os funcionários esperavam mesmo era pelo sorteio onde centenas eram contemplados com os prêmios.

O departamento de comunicação da emissora até emitiu uma nota para que não haja especulação e ninguém fique na esperança de que o sorteio possa mesmo ser realizado. Para a Globo a decisão é no intuito de "beneficiar a todos e não apenas alguns funcionários".

O comunicado não nega que o motivo do corte seja a crise pela qual o país atravessa e que diante de tal cenário a direção avaliou que esta seria a melhor forma de lidar com a situação.

Publicidade

E como 2016 promete ser um ano de muitas dificuldades, pode-se esperar que o sorteio mais uma vez não seja realizado.

Todos os anos este sorteio era transmitido através de um circuito interno e acontecia às vésperas da confraternização que está sendo realizada nesta quarta-feira (16) para os funcionários do Rio de Janeiro. A maioria dos prêmios sorteados eram vale-compras acima de R$ 1.000,00 e o contemplado podia fazer as compras em 3 grandes redes de empresas que anunciam com a Globo.

Outra reclamação entre os funcionários da emissora é que o vale-compras de Natal não teve nenhum reajuste e por isto não dará para comprar muita coisa. Com certeza os funcionários da Globo terão uma ceia bem mais magrinha este ano.

O vale-compras de Natal na Globo continua sendo de R$ 620,00. Este é o mesmo valor que foi dado no ano passado e poderá ser o do ano que vem.

O que tem consolado os trabalhadores da Globo é que em outras emissoras a situação é ainda pior. No SBT foi preciso a intervenção do próprio Sílvio Santos, senão nem a festinha de fim de ano seria realizada.

E pior mesmo é na Record que nem panetone será dado aos funcionários. Então é melhor pingar... #Crise no Brasil #Rede Globo