Uma das revistas mais conhecidas de todo o mundo, a 'Playboy', depois de anunciar o fim de suas operações no Brasil, comunica agora que a edição de dezembro não será mais a última de sua história em terras tupiniquins. A única coisa que mudará é que a editora da publicação não será mais a gigante Abril, mas sim a PBB Entertainment, a companhia inclue empresas do Paraná, como uma gigante do ramo de Recursos Humanos. Os novos sócios da 'Playboy' no Brasil são Edson Oliveira, André Sanseverino e Marcos de Abreu. 

Em entrevista ao UOL nesta segunda-feira, 07, André Sanseverino, vice-presidente da PBB Entertainment, comunicou que na nova etapa da famosa revista, eles vão trabalhar mais com o público da internet.

Publicidade
Publicidade

De acordo com ele, a revista não será mais o único front da 'Playboy', outras marcas também serão criadas promovendo a companhia que é conhecida por seu logotipo, um coelhinho de gravata borboleta. Para o empresário, a Abril e outras editoras erraram em pegar a revista e só lembrar da versão impressa, não tendo um olhar digital, necessário nos dias de hoje. 

O vice-presidente da nova editora falou que deseja que grandes modelos estejam na nova versão da 'Playboy'. A ideia é que o glamour da revista seja retomado, já que a publicação sempre foi uma referência para comparar as mulheres mais belas do país. Com isso, grandes estrelas devem ser convidadas para essa nova fase. Além das imagens, o conteúdo escrito da publicação deve ganhar força, já que Sanseverino quer na revista grandes formadores de opinião. 

O empresário avisou ainda na entrevista que as fotos de mulheres despidas irão continuar, não seguindo assim a decisão da publicação americana.

Publicidade

A versão alemã e mexicana da marca também vão manter o nu. Sanseverino ainda agradeceu a Abril por ter feito o diálogo com a marca americana. O anúncio do fim da 'Playboy' pela Abril foi feito no dia 19 de novembro. Muitos fãs da marca já lamentavam a notícia. Agora, menos de um mês depois, já sabemos que o que irá ocorrer é apenas uma mudança de editora. 

Outras publicações, no entanto, ainda não tiveram interessados em continuar com a marca, como a 'Men's Health' e a 'Women's Health'.  #Negócios #É Manchete!