O regresso de Justin Bieber está provocando uma autêntica loucura em várias locais por onde a turnê mundial do cantor vai passar. Segundo informa o “Correio da Manhã”, em Portugal, no primeiro dia que os bilhetes estiveram disponíveis, foram precisas apenas duas horas para os mais caros, de 125 euros cada um, esgotarem. Dormindo várias horas nas ruas portuguesas, dezenas de “beliebers” não quiseram perder a oportunidade de estar junto ao palco com seu ídolo, que até agora só foi a Portugal uma vez.

Apesar de Portugal estar se recuperando de uma profunda crise, o fenômeno #Justin Bieber também está em peso com os “beliebers” portugueses.

Publicidade
Publicidade

Mesmo estando parado nos últimos dois anos, devido a drogas e outros vícios, o impacto do canadense nos europeus continua sendo muito grande, fazendo com que ele ainda continue no topo das listas de vendas.

Como garante o jornal “Correio da Manhã”, que entrevistou vários fãs que esperaram muitas horas para conseguirem os bilhetes para um concerto de novembro do próximo ano. Os bilhetes mais caros, e também os mais próximos do palco, já foram todos vendidos e muito provavelmente, hoje, dia 20, apenas o primeiro dia de venda ao público, vai fazer com que o MEO Arena, em Lisboa, fique completamente lotado.

Nas redes sociais, os fãs brasileiros, ainda não sabem quando o Justin Bieber vai fazer show no Brasil, mas seguramente só em 2017, demonstram alguma inveja pelos “beliebers” portugueses que têm demonstrado um grande entusiasmo com a vinda do seu ídolo a Portugal, antes mesmo do canadense atuar no Brasil.

Publicidade

Ainda assim, os fãs brasileiros garantem que os bilhetes, quando Justin vem ao país, ainda esgotam mais rapidamente, deixando o aviso de que apenas receber o artista em 2017 até pode ser um fator positivo e que agora resta apenas esperar pela sua vinda.

O que os leitores acham dos fãs portugueses dormindo nas ruas para conseguirem bilhetes? Seriam capazes de fazer o mesmo só para ver o ídolo? Deixem suas opiniões na caixa de comentários abaixo. #Famosos #Música