Após formar par romântico com o namorado, Sérgio Guizé, vivendo Laura, protagonista da novela Alto Astral, de Daniel Ortiz, a atriz Nathália Dill vai aparecer em dose dupla na #Televisão no ano que vem. Ela foi definida como a vilã da próxima novela das 11 da Rede Globo, chamada pelo nome de Liberdade, Liberdade, na qual será algoz da mocinha, que será vivida por Andreia Horta, ao lado de Mateus Solano, que será algoz do mocinho, que será vivido por Bruno Ferrari. A emissora carioca está em busca de atrizes mirins para interpretar a protagonista e a vilã nas fases que compreendem a infância e adolescência.

A novela Liberdade, Liberdade, cujo elenco é formado por Nathália Dill, Andreia Horta, Mateus Solano, Bruno Ferrari, Guilherme Piva, Yanna Lavigne, Letícia Isnard, Maitê Proença, Sheron Menezzes, Caio Blat, Juliana Carneiro da Cunha, Thiago Martins, Zezé Polessa e Lilia Cabral, vai marcar a estreia de Márcia Prates após anos realizando colaborações em #Novelas de outros atores da Rede Globo.

Publicidade
Publicidade

Para este projeto, a autora-roteirista fez uma intensa pesquisa para adaptar ao meio televisivo um livro chamado Joaquina - Filha do Tiradentes, que foi uma obra desenvolvida por Maria José de Queiroz. A direção está sob o comando de Vinicius Coimbra e a estreia acontece em abril.

Para quem associou o nome Tiradentes no título do livro à figura icônica de um feriado brasileiro, ligou o nome à pessoa: a nova novela das 11 da emissora carioca vai falar justamente sobre Joaquim José da Silva Xavier, o famoso Tiradentes, mas o foco será, na verdade, em sua filha, Joaquina da Silva Xavier, que será interpretada por Andreia Horta. A moça, que cresce em um convento, aprendendo a fabricar vinho, resolve procurar a mãe, após descobrir o seu paradeiro, para conseguir pistas sobre o pai, morto em praça pública, para fazer justiça por conta das motivações que levaram ao enforcamento dele.

Publicidade

Antes de ir ao ar nesta novela, Nathália Dill vai participar do primeiro capítulo de uma outra novela, Êta Mundo Bom, na qual interpretará a jovem Anastácia, personagem que é afastada de seu bebê, Candinho (vivido por Sérgio Guizé na fase adulta), pelo próprio pai. A mãe, nomeada como Baronesa de Goytacazes (Natália do Vale), não toma nenhuma atitude por ser submissa ao marido: a história é ambientada nos anos 40. #Entretenimento