Neste domingo (13) foi ao ar pela TV Globo a "Nova Escolinha do Professor Raimundo", com os mesmos personagens que fizeram rir várias gerações, porém sendo interpretados por novos artistas.

A emissora fez uma seleção minuciosa e procurou trazer pessoas bem parecidas com os antigos intérpretes e o resultado ficou ótimo. Com redação de Péricles Barros, Daniel Adjafre e Cininha de Paula na direção-geral da atração, a Globo voltou a brilhar nas tardes de domingo e encontrou uma ótima forma de superar os fortes concorrentes do SBT e Record.

A princípio a intenção era de apenas uma releitura para prestar uma homenagem aos 25 anos da versão original com o humorista Chico Anysio como professor de uma turma composta por célebres humoristas.

Publicidade
Publicidade

O projeto foi ousado e quando anunciado houve um grande temor que fosse recusado pelo público, afinal podia ficar parecendo que estavam querendo encontrar substitutos para Chico Anysio e demais humoristas do projeto original, mas esta nunca foi a intenção.

"A Escolinha do Professor Raimundo" sempre conquistou todas as gerações, é um excelente programa de humor e podia voltar à #Televisão com novos intérpretes.

O maior cuidado era encontrar as pessoas certas para cada um dos alunos e principalmente do professor Raimundo, mas quanto a isto pode-se dizer sem medo de errar que todos foram muito bem escolhidos.

Claro que nem todos souberam honrar a memória dos antigos humoristas, como foi o caso de Rodrigo Sant'anna que ficou encarregado do "Seu Batista", personagem interpretado originalmente por Eliezer Motta.

Publicidade

Rodrigo Sant'anna foi uma das raras decepções desta nova escolinha.

Em compensação, quase todos os outros personagens ficaram ótimos e garantiram boas risadas na tarde deste domingo. Assim que o programa começou, conquistou o público nas primeiras piadas e garantiu vaga entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Vários se destacaram nesta nova "Escolinha", como Evandro Mesquita que ficou com o papel de "Armando Volta" e foi considerado um dos melhores. Marco Ricca também soube honrar o personagem de Francisco Milani e claro, não podemos deixar de citar Bruno Mazzeo que ficou com o papel de seu pai, o "Professor Raimundo" e se saiu maravilhosamente bem.

#EscolinhaNaGlobo ficou entre as principais hashtags e a grande maioria das postagens eram de elogios e pedindo para que a Globo prolongue este projeto ao máximo, pois as tardes de domingo estavam carentes de um bom programa de humor.

Você gostou da “Nova Escolinha do Professor Raimundo”? E qual foi o melhor, em sua opinião?

#Famosos #Rede Globo