Fortes chuvas - com direito a raios e trovões - atingiram a faixa litorânea do Nordeste, mais especificamente entre Pernambuco e o Rio Grande do Norte. Isso já era esperado e foi anunciado pelos meteorologistas. O que ninguém esperava era que a torre de transmissão analógica da Globo Nordeste, que fica na sede da emissora em Olinda, no Grande Recife, fosse atingida por um dos raios que assustaram Pernambuco.

Logo cedo, o jornal local 'Bom Dia Pernambuco', produzido e exibido pela Globo Nordeste, excepcionalmente foi substituído pelo 'Bom Dia Mato Grosso', produzido pela TV Centro América, afiliada da Globo na capital, Cuiabá.

Publicidade
Publicidade

Logo no início do 'Bom Dia MT', a jornalista Lucimar Lescano deu boas vindas aos pernambucanos que estavam conectados naquele momento com o seu telejornal.

Veja abaixo o vídeo completo com o momento em que ocorre a transição da programação recifense para a cuiabana:

Muitos telespectadores ficaram sem entender o que de fato estava acontecendo com a programação da Globo Nordeste. Somente no final do 'Bom Dia Brasil', que é transmitido em rede nacional, foi informado que o motivo dos problemas enfrentados pela emissora no Recife tinha sido devido a queda de um raio.

Dezenas de técnicos foram movimentados pela emissora para restabelecer a normalidade da sua programação. Ao meio-dia, entrou no ar o 'NETV - Primeira Edição' normalmente. O jornalista Márcio Bonfim abriu o telejornal prestando novas explicações sobre o ocorrido.

Publicidade

"Durante a chuva forte da madrugada em Olinda, raios atingiram a TV Globo e danificaram equipamentos, por este motivo não tivemos condições técnicas de exibir o 'Bom Dia Pernambuco'. Não foi possível substituir a exibição por telejornais das regiões nordeste e sudeste. Exibimos o 'Bom Dia Mato Grosso', feito pela TV Centro América, que fica em Cuiabá. Durante a manhã, conseguimos recuperar parte dos equipamentos, por isso estamos aqui ao vivo para levar até você as principais notícias", disse Bonfim.

Porém, o problema foi mesmo grave. Apesar da rapidez da Globo para resolver o problema, a ação emergencial dos seus técnicos resolveu apenas parte do problema. No final do 'Jornal da Globo', exibida nesta madrugada de terça para quarta-feira (30), a jornalista Renata Lo Pretti, que está cobrindo as férias de William Waack, novamente citou a Globo Nordeste ao dizer que o JG estava sendo exibido mais cedo para aquele estado afim de ser feita a manutenção dos seus equipamentos.

Logo em seguida, após o término do 'Jornal da Globo', uma locação anunciou que a programação da Globo Nordeste só retornaria às 5h00 (horário de Recife) com o programa 'Hora Um'. #Televisão #Rede Globo #Chuvas Torrenciais