O #SBT teve um ano excelente em audiência - e consequentemente em faturamento - com o seu bloco "novelas da tarde". Durante o período vespertino, a emissora exibe uma grade de novelas mexicanas, entre reprises e produções inéditas. Com apenas uma novela inédita de produção nacional no ar atualmente, a prioridade ao conteúdo enlatado ao invés de realizar produções próprias tem uma justificativa. Assim como as séries americanas que faziam sucesso nos anos 90 e 2000, as novelas mexicanas têm uma ótima aceitação do público, rendendo ótimos números de audiência.  

Em 2015, o SBT viu algumas novelas atingirem números memoráveis de audiência - "Coração Indomável" e a reprise de "A Usurpadora" chegaram a marcar 10 pontos de audiência em sua reta final.

Publicidade
Publicidade

Já "A Dona", produção estrelada pelo quarteto Lucero, Gaby Spanic, Fernando Colunga e David Zepeda, se consagrou como a novela mais bem sucedida atualmente na emissora. Já com a estreia de "Teresa", estrelada por Angelique Boyer (de "Rebelde"), Sebastian Rulli (de "Rubi") e Ana Brenda (de "Coração Indomável"), o SBT viu os números da novela antecessora serem mantidos.

As novelas mexicanas da tarde são destaque em todo o Brasil, como por exemplo em Recife, capital pernambucana cujas produções têm audiência superior a "Cúmplices de um Resgate" e "Carrossel", produtos nacionais do SBT exibidos no horário nobre.

Com tão boa audiência, o SBT tem como preocupação escolher boas novelas para manter os índices em 2016. Para isso, analisa com cuidado cada produção mexicana que adquire para escolher a que melhor se adequará ao gosto do público.

Publicidade

Dentre as produções que a emissora paulista têm em mãos para exibir no ano que vem estão "Triunfo do Amor", que tem o apelo das atuações de Maite Perroni e William Levy, astros de "Cuidado com o Anjo", que é uma das mais esperadas pelo público. O drama "La Gata", também com Maite Perroni, é uma das novelas que podem vir a ser exibidas em 2016.

De uma extensa lista de telenovelas que o SBT analisa para possível exibição em 2016, vale destacar títulos como "Abismo de Paixão", trama com Angelique Boyer e David Zepeda, no ar atualmente nos sucessos "Teresa" e "A Dona"; "Corona de Lagrimas", drama com Victoria Ruffo, estrela de "A Madrasta", clássico mexicano do SBT; "La Que No Podia Amar", com a atriz Ana Brenda, que estrelou o sucesso "Coração Indomável" em par romântico com Jorge Salinas; a comédia "Mi Corazón es Tuyo", que até já foi avaliada para um remake; "Amanhã é Para Sempre", produção de 2008 com Fernando Colunga já exibida pelo CNT e "A Força do Destino", com os astros David Zepeda, Gabriel Soto e a atriz Sandra Echeverría. #Televisão #Novela Mexicana