Sem dúvidas 2015 foi "o ano de Sérgio Marone", o ator que fez testes para ser o Moisés de Os Dez Mandamentos, mas acabou ficando com o papel do poderoso - e amado de Pitá - Faraó Ramsés, papel este que lhe caiu como uma luva. O ator havia assinado contrato por obra com a #Rede Record, mas foi tão bem avaliado pela casa - e pelo público também né? Com exceção da Patrícia Kogut- que acabou ganhando um cobiçado contrato de exclusividade com a emissora.

Sérgio Marone entregou há poucos dias um projeto para ser avaliado pela direção que por sinal já sinalizou positivamente para o talentoso ator. Trata-se  de um talk show - programa de entrevistas bem divertido que foge um pouco dos desgastados programas de auditório - que o ator quer apresentar já no próximo ano.

Publicidade
Publicidade

Deixando a vida de ator de lado por um tempo, já que é bem desgastante.

O fato é que a história de Marone se assemelha um pouco com a de Rodrigo Faro, uma das principais estrelas da Record atualmente. Sérgio, - assim como foi com Rodrigo Faro - pode ter na Rede Record a oportunidade que nunca teve na Globo, de mostrar todo o seu potencial, pois na Rede Globo o ator sempre teve papéis de pouco destaque nas novelas, sendo o Faraó Ramsés - seu primeiro papel de antagonista na Record - portanto considerado o papel mais importante de sua carreira.

Diferente da Globo, que é sempre mais criteriosa, a emissora dos bispos já vê com bons olhos o projeto do moreno, que assim como Faro, pode futuramente despontar como uma das maiores - e mais bonitas - estrelas  de seu elenco. Talento ele tem de sobra só falta a oportunidade, oportunidade essa que a TV Record está disposta a dá para o galã.

Publicidade

Apesar de cometer vários erros em se tratando de estratégia de programação, a emissora dos bispos também lapida diversos talentos que muitas vezes não são bem aproveitados pela concorrência, além de ser responsável por lançar diversos apresentadores no mercado.

EM TEMPO:

O novo projeto de Sérgio Marone já está 'bem encaminhado' e segundo a imprensa especializada, pode sair do papel já no primeiro semestre de 2016.  #Famosos