O personagem Tiririca, que por onde passa, além de tirar boas risadas de quem o assiste, comprovadamente aumenta consideravelmente “ibope’.

A prova de audiência são os dois vídeos da entrevista dele no Youtube, que juntos já beiram 2 milhões de visualizações” numa das melhores entrevistas dadas pelo comediante, à Rafinha Bastos.

Vale frisar que esta foi uma das poucas entrevistas do programa de Rafinha que durou simplesmente o "dobro do normal", como o próprio Rafinha diz no inicio do vídeo "um papo tão legal que tive que dividir em duas partes”.

Rafinha entrevista Tiririca, o presidente do Brasil, eleito virtualmente pelas redes sociais, em entrevista no programa "8 minutos”, (que viraram mais de 16), revela fatos marcantes de um passado de sofrimento e lutas que começam na adolescência como artista de circo, trazendo à maior parte da conversa um tom sério.

Publicidade
Publicidade

Tiririca segue fazendo muitas revelações, como a de que seu apelido foi dado pela mãe, porque ele era muito mal humorado, mas que na verdade era mais angustia por ver tantas desavenças, do padrasto com a mãe, que muitas vezes era agredida, do que mau humor. Mas que mesmo em meio a tudo isso decidiu ser palhaço, fazendo do personagem uma forma de manifestar sua revolta: “Era uma maneira de eu gritar pro mundo, saca? Uma maneira que eu como Everardo, não conseguiria”.

Cogitado como possível sucessor de Dilma, Tiririca foi destaque nas redes sociais no mês de dezembro em dois episódios que movimentaram opiniões dos internautas causando polêmicas e controvérsias, o da sucessão e o da carta aberta a Presidente Dilma, em alusão a carta de Michel Temer à presidente.

Coincidência ou não, a brincadeira da sucessão de Dilma por Tiririca  e a carta supostamente escrita para a presidente, deu uma lição de moral e cidadania, conforme comentado nas redes sociais.

Publicidade

e culminando com o momento político de descrédito pelo qual passa o Pais, com tantos escândalos e "figurões" indo pra cadeia metidos em desvio de dinheiro público, traz a tona com o palhaço o lema de seu chavão de campanha de que "pior não fica"  só que agora mais para "porque não Tiririca?", aceitação em alta, fato medido pelo número de compartilhamentos, comentários e curtidas nos posts que dizem respeito ao assunto "Palhaço Tiririca", sugerindo que ele seria melhor que muitos que lá estão, elegendo-o assim, virtualmente, o Presidente do pais.

Nos comentários dos vídeos, (cerca de 1200) podemos ver as mais diversas manifestações, como a do internauta Rafhael que diz: "Primeira vez na minha vida que eu vejo esse mito falar sério, sou fã desse p..!" e ainda o de Onofre N., "O mais incrível ou irônico, sei lá, é ver que além de ser um comediante f..., ele também ta fazendo um trabalho bem legal como deputado, melhor que muito político antigo de carreira aí." comentários que seguem na mesma linha de pensamento pela maioria dos internautas.

Publicidade

Conheça o homem por traz do personagem.

Separamos esta entrevista onde podemos ver, como em poucas vezes, o "homem por traz do personagem' onde Tiririca revela fatos,  como o que era espancado pelo padrasto, que era loiro e racista e que dizia " Isso quando crescer vai ser ladrão, vai ser maconheiro", Falando com emoção de momentos difíceis e sua vida no começo de carreira no interior do Ceara até os dias de hoje, deixando o entrevistador Rafinha atento as suas palavras, a entrevista é relevante para sabermos um pouco mais deste fenômeno de audiência e votos, eleito para 2 mandatos à Deputado Federal, no primeiro como o mais votado e no segundo ficando em segundo lugar, perdendo apenas par Celso Russomano.

Confira na entrevista.

  #Entretenimento #Curiosidades #Dilma Rousseff