Na noite de segunda-feira, 22, #Chico Buarque de Holanda, cantor que fez muito sucesso há algumas décadas e que sofreu com a censura na Ditadura Militar, bateu boca com jovens em um bairro nobre do Rio de Janeiro. O motivo seria as posições diversas dos participantes da discussão, sendo alguns contra o #PT e Chico um militante com amor declarado pelo partido dos trabalhadores.

Durante o calor da discussão, os jovens falaram que o PT era 'ladrão' e Chico respondeu dizendo que ladrão era o 'PSDB', mesmo sem ninguém tocar no nome de um dos partidos contrários ao partido dos trabalhadores. Uma pessoa filmou parte da discussão, mas ninguém tem imagens de quando a mesma começou.

Publicidade
Publicidade

Algumas fontes dizem que os jovens provocaram Chico fazendo piadas à sua condição de petista vivendo em um bairro rico do Rio e outra fonte diz que houve um mal entendido entre poucas pessoas e que logo tomou conta de toda a rua do restaurante em que o compositor tinha acabado de jantar.

Veja o vídeo da discussão:

Como é possível ver nas imagens, não houve uma briga, mas sim um bate boca entre os jovens e o músico, que por vários momentos conseguiram conversar civilizadamente. Dois dos jovens já são populares em alguns circuitos, sendo eles o rapper Tulio Dek e o filho do empresário Alvaro Garneiro.

Fase de ânimos alterados

A má fama do governo e a difícil situação política que o país vive tem aumentado o número de anônimos e personalidades que se cansaram do PT. Zezé di Camargo, da dupla com Luciano, já declarou que se arrependeu de fazer campanha para Lula e que não apoia mais o PT.

Publicidade

Wanessa Camargo, cantora e filha de Zezé, participou da manifestação que ocorreu no primeiro semestre desse ano e que levou mais de um milhão de pessoas às ruas. Regina Duarte, Rafinha Bastos, o cantor Leonardo, Naldo Benny, entre outros, também já se assumiram à favor do Impeachment de Dilma.

Hélio Bicudo, um jurista renomado no Brasil, é um dos fundadores do PT e também foi o autor do pedido de Impeachment aceito por Eduardo Cunha há três semanas. #Famosos