Francisco Josenilton Veloso, conhecido em todo o Brasil como "Shaolin", morreu nesta quinta-feira (14), aos 44 anos. Ele teve uma parada cardiorespiratória. O humorista precisou ser internado em uma clínica particular, na cidade de Campina Grande, localizada no agreste da Paraíba.

O Brasil está de luto por perder um dos melhores e mais criativos humoristas de todos os tempos.

Desde 2011, Shaolin vinha recebendo cuidados médicas em sua residência e não conseguia se comunicar mais com as pessoas, mas através de simples movimentos dos olhos era capaz de revelar aos familiares seus sentimentos e desejos.

Com o problema de Shaolin, sua família aprendeu a se comunicar com ele pela troca de olhares e ele era cuidado com muito carinho.

Publicidade
Publicidade

O comunicado da morte de Shaolin foi dado por sua própria esposa, Laudiceia Veloso, que comunicou a todos através do Facebook. Ao dar esta triste notícia ela postou que após 1821 dias nesta batalha, Shaolin estava se despedindo de todos e era com enorme tristeza que ela compartilhava esta dor com todos.

Na terça-feira, Shaolin apresentou um quadro febril, vindo a evoluir para uma infecção e por isto precisou ser internado rapidamente. Ainda serão divulgadas as informações sobre o local do velório e também do sepultamento do humorista.

A viúva de Shaolin agradeceu a todos pelas orações e pelas mensagens carinhosas dando força à família.

Alguns dos familiares de Shaolin já avisaram que o velório e também o enterro serão em Campina Grande, no cemitério Campo Santo Parque da Paz. Até às 15 horas estará aberto ao público e depois irá acontecer uma cerimônia somente para familiares e amigos mais próximos.

Publicidade

O enterro será logo em seguida, por volta das 17 horas.

Shaolin ficou acamado após um acidente de carro e mesmo assim demonstrava alegria de viver. O humorista, desde o seu acidente, não conseguia mais falar e somente através de algumas expressões faciais era capaz de expressar seus sentimentos e vontades.

Apesar disto, ele estava totalmente consciente e participava de tudo à sua volta. Quando alguém contava uma piada perto dele, era possível notar que ele ria e quando era algo triste chegava a chorar.

O humorista lutou enquanto foi possível e é um exemplo para todos, pois mesmo nesta situação ele jamais desistiu e tinha imensa alegria em viver.

 Aproveite para deixar sua mensagem logo abaixo! #Entretenimento #Famosos #Televisão