A crise econômica que assola o Brasil não está poupando ninguém. Desde anônimos a famosos, todos estão sofrendo com a grave crise que o país enfrenta. E quem pensou que as emissoras de televisão estariam imunes se enganou. Com um ano bem difícil, as emissoras tiveram juntas um prejuízo de mais de 1 bilhão de reais, o equivalente a todo o lucro do SBT, uma das três maiores redes da televisão brasileira.

Nem mesmo a Globo, líder absoluta na audiência, ficou imune à crise. A emissora foi a que mais sofreu os efeitos devastadores; teve uma queda no lucro de mais de 7% no ano passado, e esse ano pode ser ainda pior. Com anunciantes disputando os melhores horários comerciais, dois consagrados produtos do canal entraram o ano sem patrocinadores.

Publicidade
Publicidade

Considerada um sucesso de audiência e crítica, a novela Totalmente Demais entrou o ano sem nenhum patrocinador, ela que tinha a Crefisa - empresa que empresta créditos para negativados - até ao final do ano passado. Como os contratos geralmente são anuais, a Crefisa optou por migrar para o disputado Jornal Nacional, que, segundo o mercado, especulou, ganhando 100 milhões de reais só em 2014 para "oferecer" o banco Bradesco.

Com a saída da Crefisa, que mudou para o maior telejornal do país, o folhetim das 7 ficou sem patrocinador e até ao momento ninguém se candidatou à vaga. No entanto a Globo não saiu perdendo, pelo contrário; saiu ganhando, já que a empresa não deixou de anunciar no canal e sim migrou para outro produto bem mais caro para anunciar.

Outro produto que perdeu seu patrocinador foi o Jornal da Globo. Antes patrocinado pela Jeep, a marca de carros deixou a atração e, agora, o jornal que leva o nome do canal está sem patrocínio.

Publicidade

Neste caso a Globo saiu perdendo, já que a marca não mudou para nenhum outro produto, pausando seus anúncios momentaneamente.

No entanto, com a queda nos anúncios publicitários, quem deve tomar cuidado são as demais emissoras. Em ano de crise, os anunciantes geralmente optam por investir onde os resultados são mais eficientes, ou seja na Globo, já que a emissora é líder de audiência em todo o país. #Novelas #Rede Globo