#Justin Bieber é um dos cantores mais bem sucedidos da atualidade e seu sucesso pode tanto incomodar algumas minorias, como ser usado indevidamente para atrair jovens para o islamismo radical. Essa segunda opção foi utilizada pelos jihadistas do #Estado Islâmico.

O grupo, que está sempre presente nas redes sociais, divulgou um vídeo fazendo propaganda do ISIS, acrescentando a hashtag #JustinBieber para atrair o máximo de pessoas ao conteúdo divulgado. Tudo isso porque Justin possui a marca de mais de 74 milhões de seguidores no Facebook, quase 55 milhões no Instagram e quase 74 milhões no Twitter. Toda essa popularidade chamou a atenção dos terroristas que buscam jovens de diferentes partes do mundo para lutar por um mundo seguidor da sharia.

Publicidade
Publicidade

O fato é que não só o mundo foi pego de surpresa com a estratégia dos jihadistas, mas também o astro pop Justin Bieber, que reagiu ao fato respondendo aos terroristas que 'não tem medo' do grupo. Justin está trabalhando seu novo álbum 'Purpose', do qual já coleciona prêmios e também em sua mais nova turnê "Purpose Tour".

O cantor está sempre engajado em causas sociais e é um dos artistas mais próximos de suas fãs, uma vez que está sempre participando de programas de TV em que faz surpresas para fãs apaixonadas. A propósito, Justin ganhou o prêmio 'Biggest Fans" por ter conseguido maior número de votos online de suas beliebers. O prêmio equivale as 'melhores fãs do mundo'.

Estratégia que serve de alerta

O Estado Islâmico costuma ter preferência por jovens durante seus recrutamentos e os busca em diferentes partes do mundo.

Publicidade

No Brasil já foram interceptadas tentativas de recrutamento de alguns jovens, sendo que estes tinham interesse em tornarem-se combatentes do grupo radical islâmico.

Após usarem o nome de um jovem famoso para atrair milhões de visualizações em seu vídeo, a comunidade internacional fica em alerta, pois nada impede que utilizem o nome ou imagem de outras celebridades para obter novos combatentes, bem como, aproveitarem para se beneficiar de grandes eventos de repercussão mundial, como o Oscar e as Olimpíadas. #Famosos