Em busca de alavancar sua audiência nas noites de domingo, a #Rede Globo já fez de tudo, até colocar o 'Tomara que caia' - uma mistura de humor e game que infelizmente falhou. Sua próxima aposta será um seriado de Miguel Falabella, que é atualmente um dos maiores nomes da emissora quando o assunto é séries de humor e sitcoms.

O novo humorístico ainda não tem data prevista para início das gravações, mas alguns nomes do elenco já estão sendo cotados, como Dani Calabresa - que inclusive foi sugerido pelo próprio Miguel - e Arlete Salles, com quem quer repetir a parceria.

Falabella interpretará Gonçalo, o comandante e Dani Calabresa será sua filha, uma das aeromoças.

Publicidade
Publicidade

Eles percorrerão todo o país e as gravações serão feitas em várias capitais. A ideia é trabalhar também com atores dessas regiões.

Cininha de Paula, ficará frente à direção-geral, repetindo a mesma parceria de 'Toma Lá, Dá Cá', 'A Vida Alheia' e a atual 'Pé na Cova'. As informações são da colunista, Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

A multifuncionalidade de Miguel Falabella

Famoso pelo seu humor crítico e muitas vezes bizarro como acontece no sua atual série, 'Pé na Cova', Miguel Falabella é ator, dramaturgo, diretor, cineasta, apresentador e outros. Surpreende pelo belíssimo trabalho que realiza em todas essas funções.

Sua primeira atuação em telenovelas foi em 'Sol de verão', da Rede Globo, em que interpretava Romeu. 

Escreveu ao todo quatro telenovelas, "Salsa e Merengue" (1996/97), "A Lua Me Disse" (2005), "Negócio da China" (2008/09) e "Aquele Beijo" (2011/12).

Publicidade

Alguns episódios de "TV Pirata" são de sua co-autoria. Escreveu também seriados como "Sai de Baixo", no qual também interpretava o vilão cômico, Caco Antibes - seu papel de maior sucesso - "Toma Lá, Dá Cá", "A Vida Alheia",  "Pé na Cova" e "Sexo e as Negas". Miguel futuramente, produziria uma série na qual Marília Pêra teria o papel de destaque.

No cinema roteirizou e dirigiu os filmes "Polaróides Urbanas" e "A partilha" - baseado em sua peça homônima de maior sucesso.

Além de escrever para cinema e #Televisão, ele escreve também para o teatro e seus musicais são muito elogiados pela crítica. #Famosos