A novela "Os Dez Mandamentos" foi o grande sucesso de 2015 e a aposta da Record para 2016 é o filme que tem recebido todo apoio da Igreja Universal do Reino de Deus para bater todos os recordes nos cinemas brasileiros.

Nas redes sociais a Record vem fazendo uma ampla campanha para convencer a todos a irem ao #Cinema assistir a história dos hebreus e a emissora apelou até para um pai de santo e também para uma imagem de Nossa Senhora Aparecida para conseguir atingir seu objetivo.

A partir do dia 28 de janeiro, o filme "Os Dez Mandamentos" estará em mais de mil salas por todo o Brasil e até quarta-feira (13) mais de 1,5 milhão de ingressos já tinham sido vendidos.

Publicidade
Publicidade

Vale lembrar que candomblecistas e também umbandistas sempre foram apontados como pessoas do mal, pelos pastores da Universal, por isto ficou estranho usá-los na divulgação do filme.

Edir Macedo já escreveu um livro entitulado "Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou Demônios", justamente criticando o assunto. Quem vai aos cultos realizados pela Universal sabe que os pais de santo sempre são condenados pelos pastores, mas estão servido para a divulgação da saga de Moisés. Na década de 90 a Igreja Universal estimulou seus fiéis a irem aos terreiros para destruí-los, o que causou grande confusão na época.

E não precisamos lembrar da rivalidade da Universal para com os católicos, pois em 1995 um pastor da Igreja chegou a chutar uma imagem de Nossa Senhora Aparecida em um programa transmitido pela Record.

Publicidade

Foi um dos maiores escândalos da época.

A conta da Record no Instagram divulgou um vídeo onde aparece uma mulher, católica, dizendo que vai ao cinema assistir "Os Dez Mandamentos" e esta mulher segura em suas mãos uma imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Em outro vídeo, uma praticante do candomblé aparece rodando e diz que é do candomblé e vai assistir ao filme. Até uma cartomante garante que vai marcar presença no dia do lançamento.

O filme "Os Dez Mandamentos" é um resumo da novela mostrada em 2015, porém traz um final inédito, quer dizer, um final que não foi mostrado aos telespectadores justamente para forçá-los a ir ao cinema. #Famosos #Rede Record