O grande desafio de Ignácio Coqueiro ao aceitar o convite de dirigir o programa da Xuxa, com perdão do pleonasmo da expressão, é justamente dirigir a apresentadora. A atração da loira vive um clima de pesadelo e a ordem dada ao profissional da mídia (partindo da Record) é que ele seja uma espécie de nova Marlene Mattos. A diretora ficou conhecida por fazer da animadora um sucesso estrondoso até mesmo para os padrões da Rede Globo. A mãe de Sasha teve seu nome com status de marcas. Depois do 'Xou da #Xuxa', ela teve diversos programas na emissora. No meio da década de 90, a apresentadora chegou a assinar três produtos diferentes do canal da família marinho. 

Marlene também ficou conhecida por não deixar Xuxa dar um passo fora da curva.

Publicidade
Publicidade

A alta cúpula da Record acredita que seja exatamente isso o que ela esteja precisando. Depois de falar muitas besteiras ao vivo e constranger até artistas, a apresentadora já havia recebido uma censura direta do canal. Primeiro, ela perdeu sua atração ao vivo. Em seguida, uma pessoa da alta cúpula da Record e ligada a Igreja Universal do Reino de Deus foi chamada para ver cada programa da famosa, não deixando entrar nada que fosse considerado vulgar.

Ignácio Coqueiro trabalhava com Rodrigo Faro. Ele entrou no lugar de Mariozinho Vaz, que com um salário de R$ 200 mil não conseguia mais fazer Xuxa dar o Ibope esperado no horário. A meta da Record é de 10 pontos para essa faixa. A apresentadora tem dificuldades de dar 5 pontos. A terceirização do RecNov, centro de produção dramatúrgica do canal no Rio de Janeiro, também prejudicou a apresentadora.

Publicidade

Muitos de seus funcionários não aceitaram o novo tipo de contrato.

Vista como a maior estrela da casa diante de sua programação, Xuxa agora é avaliada como um problema. O canal ainda tem esperanças de tirar algum suco dessa fruta, mas se não rolar, o jeito será rescindir o contrato. Para isso, segundo Daniel Castro, advogados já destrincham o contrato assinado, para ver quanto a emissora vai perder.  #Famosos #Rede Record