A atriz Alexis Arquette virou notícia em todo o mundo nesta quarta-feira, 20, ao fazer supostas revelações sobre a vida do casal Will Smith e Jada Pinkett Smith. O astro de filmes como 'M.I.B. Homens de preto' foi acusado por ela, que foi boicotada de estar na cerimônia do Oscar deste ano, de ter tido um relacionamento com outro homem. A revelação foi feita por Alexis Arquette no Facebook e está viralizando no site. 

Outra revelação feita pela profissional da dramaturgia é que Jada também seria homossexual e só teria aceitado casar com Will para abafar o relacionamento dele com outro homem. De acordo com Alexis, o casamento anterior de Smith teria terminado pois sua mulher o flagrou na cama com outro homem. 

A atriz disse que só ouvirá as críticas da mídia depois que o casal de #Famosos confessar esses valores e informações sobre sua intimidade. “Quando a Jada assumir ser gay e Smith revelar para todos que seu primeiro casamento acabou após ele ter sido flagrado na cama com um outro homem, aí sim vou dar ouvido para o que os dois dizem”, afirmou a famosa na rede social. 

A atriz já tinha provocado muita polêmica ao abordar a falta de atores negros concorrendo aos prêmios de melhor ator e atriz do Oscar.

Publicidade
Publicidade

Por conta da falta de profissionais negros, Alexis revelou que não irá ao evento mais badalado do ano. Ele foi seguida de outros artistas e jornalistas. 

E olha que de Oscar Alexis entende alguma coisa. Ela é irmã de Patrícia Arquette, vencedora da estatueta no ano passado, que levou o prêmio na categoria de melhor atriz. A famosa polêmica quer que o casal de famosos "saia do armário". A atriz diz que isso seria o mais saudável e melhor para os dois.

Para a profissional da dramaturgia, o fato de Will Smith e a esposa viverem em um suposto casamento de aparência faria deles inimigos para quem luta pelos direitos dos homossexuais nos Estados Unidos. E aí, você acredita na revelação feita pela famosa? Será que o astro americano vai processá-la? O jeito é  esperar para ver até onde vai chegar essa história.  #Cinema #EUA