O personagem de Alexandre Nero, Romero Rômulo, supostamente morrerá queimado nos próximos capítulos de 'A Regra do Jogo', novela das nove da #Rede Globo de Televisão. Toia (Vanessa Giácomo) e Atena (Giovanna Antonelli) conseguirão fugir do cativeiro, mas antes disso colocarão fogo no local. A partir daí muito mistério passará pela trama de João Emanuel Carneiro. A novela mostrará o enterro do ex-vereador. O filho de Zé Maria, Juliano (Cauã Reymond) será quem tacará simbolicamente as cinzas do anti-herói no mar. No momento em que as cinzas são jogadas no ar e o enterro simbólico acontece, Atena dará um sorriso enigmático. O primeiro a desconfiar que Romero Rômulo não morreu é o pai da facção (Gibson).

Publicidade
Publicidade

O sumiço do personagem acontecerá três semanas antes de '#A Regra do Jogo' acabar. Sua morte de mentirinha está prevista para ir ao ar no capítulo do dia 23 desse mês.

Uma coisa é certa. Nos bastidores da Globo, todos garantem que o personagem de Alexandre Nero não pode morrer, já que haveria uma repetição de enredos. Nero protagonizou no ano passado a novela 'Império', de Aguinaldo Silva. Na história, ele apareceu no último capítulo como uma espécie de espírito, fazendo muita gente acreditar que o Comendador José Alfredo de Medeiros não morreria. Só agora a equipe de 'A Regra do Jogo' grava as cenas do cativeiro, tudo para evitar que a sequência correta fase. A fase de Romero prisioneiro contou com 47 cenas, como o próprio ator publicou na internet.

Segundo fontes, depois de colocar fogo no cativeiro, Atena se arrepende, salva Romero e ainda cuida dele no folhetim.

Publicidade

O pai de Dante (Marco Pigossi) virá como uma espécie de vingador nos últimos capítulos. Dessa vez, nada dividido, o ex-vereador vai querer fazer o bem, não importando se isso custará ou não a sua própria vida, afinal, ele já ressurgiu das cinzas mesmo. Os últimos capítulos do folhetim de João Emanuel Carneiro prometem ser muito eletrizantes e fazer uma boa passagem de 'Velho Chico', trama supervisionada por Benedito Ruy Barbosa.  #Novelas