Perto da prova do líder completar 12 horas, Matheus, que fazia dupla com Cacau, tentou fazer a cabeça da dupla adversária, Renan e Tamiel, a desistirem da disputa. Bial ainda não informou, mas eles imaginam que cada um da dupla vencedora ganhará um Fiat Strada - na verdade, apenas um ganhará, enquanto o outro ganhará R$ 10 mil e imunidade. Por volta das 10h da manhã, Matheus começou a tentar manipular a dupla Tamiel e Renan e fazê-los desistir da prova.

Como argumento, Matheus disse que caso Tamiel e Renan virem líderes, serão dois votos a menos em quem eles desejam mandar ao paredão. Caso eles ganhem, apenas Adélia votará em quem eles quiserem.

Publicidade
Publicidade

Matheus garantiu ainda que ele e Cacau não indicariam ao paredão nenhum deles, e sim Ronan. Em meio aos argumentos, disse que era a chance de fazer de novo o "paredão fake", só que dessa vez valendo. Ele se refere ao paredão do bem em que Ana Paula e Ronan disputaram, mas o escolhido pode ficar por quase dois dias no primeiro andar da casa assistindo tudo. O mineiro repetiu várias vezes que se ele e Cacau forem líderes, fica mais fácil fazer um paredão com "o povo do outro grupo".

Em certo momento, Maria Claudia também começou a argumentar, sempre tentando frisar que eles "não estão tentando fazer a cabeça de ninguém", mas apenas "pensando no melhor para eles". O casal disse ainda que pensou nisso após Adélia ter conversado com Tamiel e Renan na madrugada; a advogada disse que poderia ser bom os dois desistirem para que os três possam votar juntos no paredão.

Publicidade

Renan ouviu toda a conversa sem falar nada. Tamiel ouvia e respondia, mas sem parecer concordar muito. Ele argumentava que Geralda vota nele, então ele acabará indo ao paredão, pois Ana, Munik e Ronan seguem o voto da aposentada. Matheus disse então que faria a cabeça de Geralda para não votar em Tamiel, pois ele e Renan são as pessoas que ela mais gosta na casa. Em certo momento, Matheus garantiu que "ele e Renan vão conversar com Geralda para que ela vote em outra pessoa". Apenas nesse momento Renan entrou na conversa e disse que não conversaria sobre isso com a aposentada.

A conversa acabou sem nenhuma conclusão. Conversando com Renan, Tamiel decidiu que o melhor era continuar na prova e não acreditar em nenhuma suposição, já que nada do que Matheus falou é garantido.

Na internet, a atitude do mineiro não foi vista com bons olhos. A torcida do "Esquadrão" não gostou de Matheus do nada dar a entender que está do lado deles, já que semana passada votou em Juliana. Já a torcida "Annik" não gostou de Matheus estar se colocando no time oposto e pensando numa forma de colocar no paredão integrantes de seu trio.

Publicidade

Saiba mais

Geralda tenta entrar no grupo de Ana Paula, Munik e Ronan: "Eu também tô aqui"

Boninho diz que até sua mãe não acredita na votação do BBB 16

Acompanhe a prova de resistência em dupla e descubra o novo líder #BBB Big Brother Brasil