A atriz María Luisa Alcalá faleceu na última semana e teve seu corpo cremado na segunda-feira, 22, na capital do México. A família informou que sua morte foi por causas naturais e que ela possuía problemas de coração. O agenciador da atriz, disse que ela já estava alguns anos depressiva. María estava com 72 anos de idade.

No seriado do "Chaves" a atriz dava vida a Malicha, chamada de Malu aqui no Brasil, ela atuou em três capítulos em 1974. Ela era afilhada do "Seu Madruga". Sua personagem estava substituindo a "Chiquinha" que tinha deixado o programa. Por coincidência, ela veio a falecer no dia do aniversário de Roberto Gómez Bolaños, o "Chaves", no ano em que ele iria fazer seus 87 anos.

Publicidade
Publicidade

No domingo, 21, o óbito da comediante foi confirmado pelo seu agenciador ao jornal mexicano El Universal. Sua morte foi inesperada e causou grande espanto ao público, pois alguns dias antes de morrer, ela publicou uma foto em seu facebook dizendo que estava trabalhando.

Gabriel Espinosa Alcalá disse a um site da Televisa que todos estão muito tristes com a partida de sua mãe, para eles foi uma morte inesperada, pois ele tinha feito uma refeição ao lado dela onde pode contemplar seus últimos momentos de vida.

O agenciador da atriz, Juan Carlos Aguilar, revelou que María Luisa Alcalá vinha sofrendo de depressão, ela ficou muito sentida quando seus pais partiram e acabou ficando somente com seus filhos como família. Depois ela teve problemas em conseguir emprego, mas sempre foi muito correta com suas funções profissionais.

Publicidade

Além do seriado "Chaves", a atriz Alcalá participou de mais de 20 filmes e atuou em novelas de grande sucesso em nosso país, como "A Usurpadora" (1998) onde interpretou a "Filomena", trabalhou também na novela "A Madrasta" (2005) onde deu vida a "Fanny", na novela "Esmeralda" (1997), ele viveu a "Dona Socorro", em "O Privilégio de Amar" (1998) ela interpretou a "Dona Remédios" e na novela "Amy, a Menina da Mochila Azul" (2004) ela interpretava a "Virginia Salazar".

Atores de "Chaves" lamentam o falecimento da atriz

O ator Edgar Vivar, que vivia o "Senhor Barriga", se manifestou através das redes sociais e disse que ela era uma amiga antiga e que lamentava não estar perto dos familiares nesse momento. Já Ricardo de Pascual que dava vida ao trambiqueiro "Senhor Furtado" disse, também através das redes sociais, que ela descanse na paz e que todos irão sentir sua falta. A página oficial do "Chaves" no facebook escreveu que a menina travessa "Malicha" irá aprontar no céu e irá ficar bem acompanhada pelo seu parente, o "Senhor Madruga". #Famosos #Seriados #SBT