Onde você estava e o que você fazia em 1995? A modelo e atriz Mari Alexandre, por exemplo, estava sendo musa inspiradora de uma banda de rock de sucesso meteórico.

Pode ser que você não se lembre exatamente em qual contexto estava inserido nos anos 90, mas com toda certeza, lembrará de uma canção “inspirada” no sucesso “Arrebita”, do cantor português Roberto Leal, que com letra escrachada e bem-humorada aliada às guitarras pesadas, tomou de assalto rádios, programas de TV e vídeos, bem antes da era do Youtube e compartilhamentos de arquivos em mp3. Era “Vira-Vira”, o hit estrondoso que em poucas horas já estava na cabeça e coreografias de todo o país.

Publicidade
Publicidade

Era o grupo Mamonas Assassinas, um verdadeiro fenômeno musical que marcou uma época e que até hoje, segue atraindo as gerações atuais e mais novas, e sempre dando ainda o que falar.

Duas décadas após o acidente de avião que levou precocemente os integrantes da banda, a modelo Mari Alexandre em declaração ao Jornal Extra tornou público que os seios por trás dos integrantes, na capa do debut álbum “Mamonas Assassinas” foram inspirados nela.

“Conheci os meninos durante um show deles em São Paulo. Fui parabenizá-los e Dinho me contou que a capa do CD tinha inspiração na minha ‘Playboy’ de 1992. Fiquei surpresa, porque até entrar no camarim, eu não sabia de absolutamente nada. Como tantas pessoas, achava que os seios fossem só uma brincadeira com o nome Mamonas. Foi uma honra, fiquei muito lisonjeada de ter sido musa inspiradora”, relembra a loira aos risos.

Publicidade

Boliche com os Mamonas

Do encontro e a admiração recíproca, laços de amizade surgiram entre Mari e os rapazes da banda, em especial com Dinho, o vocalista, que estreitou os laços com Mari fazendo programas comuns de todos os jovens, como lanchar e jogar boliche.

Muito embora as más línguas na época sugeriam que rolava algo a mais entre Mari e Dinho, Mari Alexandre desmente estes boatos e afirma que até mesmo a namorada de Dinho, Valéria, participava dos passeios, e que todos eram muito brincalhões e amigos, e o respeito era mútuo, concluiu Mari.

Bem Antes do Big Brother

Além de musa inspiradora dos Mamonas, Mari Alexandre chamou a atenção também do todo poderoso Silvio Santos, e foi convidada a participar do primeiro Reality Show brasileiro com maior alcance, chamado ‘Casa dos Artistas’, no ano de 2001, que foi ao ar pelo SBT, precedendo o Big Brother da TV Globo.  #Entretenimento #Famosos #entrevista