Na última semana, entre os dias 15 e 19 de fevereiro, a minissérie bíblica "José do Egito" deu um enorme salto na audiência da televisão brasileira, alcançando uma média de 13.5 pontos, de acordo com os dados consolidados do Ibope. Para muitos telespectadores, os índices são ótimos, pois esta é a terceira exibição da história do hebreu que chegou ao Egito como escravo e foi vendido para Potifar (Taumaturgo Ferreira).

De acordo com o Ibope, uma das empresas que medem a audiência da tevê aberta do país, a trama bíblica adaptada por Vivian de Oliveira estava alcançando a marca de 12.4 pontos de média na audiência só na Grande São Paulo, enquanto "Rei Davi" marcou 11.5 pontos durante o seu último mês de transmissão.

Publicidade
Publicidade

Nesses últimos capítulos de 'José do Egito', o folhetim dirigido por Alexandre Avancini entrará numa nova fase. Nessa nova etapa, José (Ângelo Paes Leme) se apresenta diante do faraó Apopi (Leonardo Vieira), rei de toda a terra egípcia. O homem mais poderoso do Egito contou os seus dois sonhos a José, que havia garantido que, com a revelação do "Espírito de Deus", poderia interpretar os sonhos. Assim, José conta o que "Deus" quis mostrar ao faraó.

O hebreu fala que, a partir dali, haverá sete anos de abundância e muita prosperidade e, logo em seguida, sete anos de seca e muita fome em toda a Terra. Os sete anos de miséria serão tão graves que os de fartura serão totalmente esquecidos. O faraó então pede que José lhe dê uma solução. Com a sabedoria de Deus, o hebreu dá uma resposta super satisfatória para Apopi.

Publicidade

Com isso, o soberano passa a ver José como a solução para os problemas futuros por este ter um "Espírito Excelente" e o nomeia governador do Egito. O rei deixa tudo nas mãos de José e também determina que só seria superior ao hebreu no trono. 

Com esses momentos decisivos, a #Rede Record, com a terceira exibição de "José do Egito", dá um pulo na audiência, algo que não acontecia desde o mês de novembro, quando terminou a primeira temporada de "Os Dez Mandamentos". Os capítulos mais importantes saíram de 12 para 13.5 pontos de média, crescendo 13% na audiência. Enquanto isso, o SBT registrou 10.1 pontos com a sua novela infanto-juvenil.

"José do Egito" chegará ao fim no começo de março. Depois daí, a Record reprisará "Sansão e Dalila". Com essa decisão, a segunda temporada de "Os Dez Mandamentos" irá estrear apenas em abril. Tudo indica que a novela de época "Escrava Mãe" começará junto com a segunda fase da novela bíblica que conta a trajetória de Moisés. #Mídia #Novelas