À todos os telespectadores do BBB uma pergunta: O que seria do programa sem #Ana Paula? Para essa questão, uma resposta bem provável seria: o jogo estaria morno, até poderia ser que conflitos secundários aflorassem com a saída de uma participante tão destacada, mas o certo mesmo é que, para movimentar a casa, a produção lançaria mão de artifícios que são bem comuns na Fazenda, os famosos “joguinhos da discórdia”. Vejamos então porque a moça é relevante para o reality!

Ana Paula e suas facetas

Chata, inconveniente, autêntica, verdadeira, sem noção, louca, legal, leal... Para alguns “está forçando”, já para outros ela “não faz tipo, fala tudo na cara”.

Publicidade
Publicidade

Esses são alguns dos adjetivos e impressões que a jornalista vem causando nos internautas. Seus bordões e seu jeito têm rendido muitos memes, e pelo visto devem render muitos mais.

A mineira fez com que “as máscaras caíssem”

Ronan sempre associou o reality à uma partida de xadrez, pois a peça considerada fundamental é a rainha, pois ela se movimenta para todas as direções, o que faz com que muitas outras peças queiram fugir dela. Também conhecida como dama, a rainha do BBB (até o momento) é a Ana Paula que já fez alguns participantes “saírem do armário”, como Renan, que mostrou uma faceta nova além daquela de "bom moço", Tamiel, que para se defender “combinou” votos, algo que se negava antes, e Juliana, que parece fugir dos conflitos com ela.

Atração é como uma novela

Longe de sua época áurea, o BBB tem sido como a seleção brasileira: tem um time, porém só um jogador “resolve”.

Publicidade

Realitys shows são como novelas. Quem não se lembrou de uma novela quando Ana saiu por baixo e voltou prometendo “vingança”? Em programas desse tipo, é necessário um equilíbrio entre as “plantas” (personagens que não têm relevância) e os “barraqueiros”, tipo Ana, e a produção deve “interferir” nisso para evitar os fracassos passados. Mas vale ressaltar que a “audiência se vende para Deus e para o Diabo” e isso será a linha tênue entre Ana ser insuportável ou continuar “lacrando”.

Quem fala o que quer não ganha BBB

Matheus definiu a loira como uma bomba-relógio, e talvez essa seja a melhor definição para Ana Paula, já que ela não tem papas na língua e fala o que quer, apesar de às vezes ser “freada” de dizer “suas verdades” pelos outros participantes, principalmente após as acusações à Laércio.

A jornalista é forte candidata a não ganhar o jogo, porque esse tipo de jogador muito exposto costuma se desgastar e se enfadar do confinamento, mas se o reality é como um folhetim das 21h, a mineira é fundamental pelo destempero, tendo em vista que ninguém aguenta mais Reginas, Tóias e Ninas. O público quer ver é Carminha! #Entretenimento #BBB Big Brother Brasil