A atração das madrugadas da #Rede Globo de TV, ‘Programa do Jô’, terá o seu fim no segundo semestre deste ano. É o que afirma um colunista do portal UOL, Daniel Castro. De acordo com a matéria, o principal talk show da emissora já vinha com um grande desgaste para o apresentador, primeiro pelo fato do seu filho, que era autista, ter falecido ainda em 2014, e também, motivado pelas constantes derrotas na audiência, proporcionadas na maioria das vezes pelo ‘The Noite’ de Danilo Gentili do SBT.

A reunião que chegou a essa decisão aconteceu na quinta-feira da semana passada. Nela, encontrava-se um dos ‘cabeças’ de alguns programas da Rede Globo, Ricardo Waddington – Altas Horas, Domingão do Faustão, Amor & Sexo, e, também, do próprio Programa do Jô.

Publicidade
Publicidade

Além dele, outros diretores da emissora também participaram do ‘debate’ acerca da saída do apresentador das madrugadas. Após as conversações, chegaram à decisão de que o Talk Show realmente já não estava mais rendendo o que rendia antes e seria preciso que outra atração assumisse o seu lugar.

Para isso, muitos comentários passaram a surgir sobre Marcelo Adnet, que deixou o canal Multishow para trabalhar na Globo. Ele, de acordo com muitos comentários, seria o apresentador que assumirá o lugar do Programa do Jô, com um novo talk show que terá edições semanais e participação de bandas, um convidado por edição e também o ‘manjado’ sofá. Há rumores que um programa piloto já teria sido gravado pelo ator Mateus Solano.

Jô é um dos principais ícones da #Televisão brasileira. Começou a atuar na telinha ainda nos anos de 1950.

Publicidade

No entanto, obteve grandes e rotineiras audiências em seus programas de humor, (Viva o Gordo). Já nos anos 80, Jô assinou contrato com a emissora de Silvio Santos, o SBT para ancorar o primeiro talk show que teve grande sucesso na televisão brasileira, Jô Soares Onze e Meia. Porém, quando começaram os anos 2000, o apresentador foi contratado pela Rede Globo de TV e de lá para cá apresenta o Programa do Jô.

Por outro lado, apesar dos comentários em matérias sobre a saída do Jô, muitos grupos e páginas no Facebook passaram a comentar que um dos motivos da saída do apresentador também foi influenciado pela possível ‘aproximação’ do Jô com o governo do PT e da presidente Dilma.