As #Novelas mexicanas são o grande trunfo do #SBT. A emissora vez ou outra recorre às produções importadas para salvar a sua programação, que na maioria das vezes, são sinônimo de audiência e bom faturamento. Exemplo disso são os inúmeros comerciais de patrocinadores que anunciam nos intervalos comerciais das tramas, já que os publicitários sabem que ali existe um público específico e fiel.

E graças a essa fidelidade dos fãs das novelas mexicanas, muitas fazem sucesso e revelam grandes êxitos. Quem não se lembra do fenômeno que foi o lançamento de "Maria do Bairro" nos anos 90, tornando a cantora e atriz Thalia popular no Brasil, o que fez com que o canal de Silvio Santos até trouxesse ela para se apresentar no país e em seus programas.

Publicidade
Publicidade

Quem também se destacou por aqui foi a atriz Gabriela Spanic. Ao chegar por aqui, a novela "A Usupadora" foi um grande sucesso e ameaçou a concorrência com a história de amores e muita inveja das gêmeas Paulina e Paola.

Nos tempos atuais, as tramas produzidas pela rede mexicana Televisa sofrem com a falta de textos originais e com o excesso de remakes surgindo na TV local; porém, no Brasil, essas tramas continuam sendo trazidas pelo SBT e são bem recepcionadas pelo público. O grande exemplo dessa aceitação dos brasileiros com as novelas mexicanas nos dias de hoje é atual grade da emissora paulista, que leva ao ar atualmente quatro novelas - "Maria do Bairro", que mesmo com índices satisfatórios deve sair do ar para dar espaço a "Chaves", que deixou o horário nobre; "Cuidado com o Anjo", estrelada pela ex-RBD Maite Perroni e o cubano William Levy; "Teresa", com a atriz da novela "Rebelde", Angelique Boyer; e por fim, a novela "A Dona", sucesso que adentrou as noites do SBT após ajustes na programação, com trama estrelada por Gaby Spanic, Fernando Colunga, Lucero e David Zepeda.

Publicidade

Entre as quatro produções que estão no ar, a novela "Teresa" é o maior destaque. Com uma história parecida com "Rubi", um sucesso mexicano antigo do SBT, a novela estrelada por Angelique Boyer traz uma protagonista que ora faz as vezes de vilã, ora é a mocinha. O perfil da personagem Teresa agradou o público e a novela se tornou a mais assistida da emissora.

Na primeira semana de fevereiro, "Teresa" foi a novela mais vista das tardes do SBT. De acordo com dados consolidados do Ibope, a #Novela Mexicana registrou a maior audiência nos cinco dias da semana (segunda a sexta) em relação às outras novelas exibidas pelo SBT a tarde. A produção vem se mantendo na faixa dos 7 a 8 pontos de audiência e é um dos dez programas mais assistidos da emissora de Silvio Santos, comprovando seu sucesso.